Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornalista Luiz Augusto Araújo lança livro de contos e crônicas

A escritora Lêda Selma afirma que a literatura do jornalista perfila “momentos inspirados no dia a dia de uma cidade interiorana”

Escrever bem é obrigação de qualquer escritor. É o princípio básico. Mas, sim, nem todos escrevem bem — incluindo aí clareza na exposição — e há, inclusive, aqueles autores que até sabem escrever, mas aos quais falta imaginação. O goiano Luiz Augusto Araujo tem exatamente a virtude de escrever bem e com o máximo de clareza. Inicialmente, não se aventurou no mundo da ficção. Jornalista por formação, expert em conferências e escritor por vocação, publicou “A Arte de ConVencer” e “Comunicando com Estratégia”. A imprensa pode até não ter concedido muito destaque, mas os dois livros se tornaram best sellers — e em várias cidades do país, como São Paulo. Agora, texto apurado, o jovem escrita encaminha-se para a literatura, com o livro “Balaio de Gato” (Editora Interativa), uma coletânea de contos e crônicas.

Luiz Augusto: jornalista, escritor e conferencista | Foto: Divulgação

A escritora Lêda Selma, ex-presidente da Academia Goiana de Letras e cronista de primeira linha, escreve sobre a obra: “Neste ‘Balaio de Gato’, contos e crônicas perfilam momentos inspirados no dia a dia de uma cidade interiorana, pela qual o leitor zanzará curioso e atento”.

O poeta britânico William Wordsworth escreveu um poema no qual diz que “o menino é o pai do homem”. Pois Luiz Augusto, que passou a infância em Ouvidor — município do Sudeste goiano, nas proximidades de Catalão —, cavoucou o tempo perdido e, por meio da literatura, o restabeleceu, ou, diria Proust, o redescobriu.

“Balaio de Gato” será lançado no dia 26 de março, às 19 horas, na Livraria Nobel, no Shopping Bougainville.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.