Jornalista foi torturada por namorado com soco inglês

Luka Dias foi agredida durante três dias por Fred Henrique Lima Moreira, que foi preso

Luka Dias: traumatismo craniano e fratura da mandíbula | Foto: Reprodução

A jornalista Luka Dias, de 37 anos, foi torturada pelo namorado, Fred Henrique Lima Moreira, num apartamento de Copacabana, por três dias seguidos. Ela foi agredida com soco inglês e está bastante ferida, tanto que teve de ser internada. Ela sofreu traumatismo craniano, fratura na mandíbula e tem várias outras escoriações pelo corpo.

Depois de espancada, Luka Dias dormiu. Quando acordou, no dia seguinte, começou a gritar por socorro e, por intermédio de um mata-leão, Fred Henrique a impediu de buscar ajuda. Ele puxou seu cabelo e a jogou no chão. Deu vários golpes na cabeça da jornalista, que desmaiou. Assim que se recuperou, ela escapou do apartamento e procurou a polícia.

Mesmo depois de ter espancado Luka Dias, Fred Henrique fez ameaças pelo WhatsApp: “Um dia tu sai, hospital não é eterno”. Ele está preso, no Rio de Janeiro, por tentativa de feminicídio, estupro, cárcere privado e tortura.

Luka Dias: jornalista | Foto: Reprodução

Numa entrevista ao jornal “Extra”, Luka Dias disse: “Tive que reconstruir meu maxilar e ainda estou muito deformada, mas graças a Deus não corro mais risco de vida. Agora, o que eu posso dizer para as mulheres é: tenham coragem! A vida é muito linda e vale muito a pena enfrentar os nossos agressores. Somos muito mais fortes do que pensamos: basta acreditarmos nessa nossa força e no trabalho da polícia, que foi extremamente ágil, eficiente e cuidadosa. Não somos o sexo frágil, somos o sexo forte, somos imbatíveis! Apesar de a minha família ter desmoronado com tudo que aconteceu, sobrevivi a uma agressão física e a um abuso mental. Hoje, tenho a certeza de que sou uma sobrevivente”.

Fred Henrique Lima Moreira: agressor de jornalista | Foto: Arquivo Pessoal

A delegada Natacha Alves de Oliveira relata que Luka Dias namorou Fred Henrique durante oito meses. As agressões eram constantes. A jornalista era golpeada com cassetete nas pernas, nas costas e na cabeça.

No apartamento de Fred Henrique, a polícia apreendeu um soco-inglês, um cassetete e uma réplica de pistola.

Soco inglês e cassetete usados por Fred Henrique Lima Moreira para agredir a jornalista Luka Dias | Foto: Reprodução

Os jornais “Extra” e “O Globo” mencionam que Fred Henrique tem passagem pela polícia “por violência doméstica, tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma, ameaça e resistência”. A Justiça decretou a prisão temporária do agressor, que foi levado para uma penitenciária.

2 respostas para “Jornalista foi torturada por namorado com soco inglês”

  1. Avatar Ailton Canuto disse:

    Sujeito covarde e vagabundo, quero ver ela fazer isso com um homem. Covarde. O Ministério Público tem o dever de pedir a prisão preventiva desse sujeito, para que possa ser condenado pela justiça e fique um bom tempo preso em regime fechado.

  2. Avatar ANA GOULART disse:

    Ela teve força para fugir e coragem para denunciar, parabéns ao porteiro que não se omitiu em ajudá-la. Agora pra ficar perfeito, na Audiência e Custódia o Juiz manter a prisão dele até a audiência. Ele e todos os outros agressores deveriam ficar presos, porque isto não é um crime para penas brandas, veja como ela ficou deformada, se ficasse mais um dia naquele apartamento certamente estaria morta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.