Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornalista é assassinado a facadas. Ele trabalhou no Zero Hora e prestava serviço para a OAB

Carol Majewski chegou ao seu apartamento acompanhando de dois homens, que roubaram dinheiro, notebook e outros pertences do repórter

A polícia sabe que dois homens podem ter assassinado, a facadas, o jornalista Carol Majewski, de 52 anos, no domingo, 14, no centro de Porto Alegre. Os criminosos levam notebooks, dinheiro e duas mochilas do profissional, que prestava serviço para a OAB-RS e trabalhou como repórter do “Zero Hora”.

A câmara do edifício onde morava o repórter mostra que ele chegou acompanhado de dois homens e, mais tarde, os homens desceram. O corpo foi encontrado pelo filho do jornalista na segunda-feira, 15.

A polícia sugere que se trata de latrocínio e que os criminosos conheciam Carol Majewski.

A família e amigos dizem que Carol Majewski era uma pessoa reservada. Era muito dedicado ao pai, de 87 anos.

Deixe um comentário