Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornalista de 39 anos é assassinado. Polícia ainda não descobriu “motivação”

Leonardo Pinheiro estava fazendo entrevistas quando homens, a partir de um carro, atiraram. Ele planejava disputar mandato de vereador pelo Patriota

O jornalista Leonardo Pinheiro, de 39 anos, foi assassinado na quarta-feira, 13, em Araruama, Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Leonardo Pinheiro foi morto quando trabalhava. Ele estava entrevistando moradores da comunidade. Homens atiraram no profissional a partir de um automóvel.

Leonardo Pinheiro: jornalista assassinado | Foto: Reprodução

Em nota a Polícia Civil informou: “De acordo com a 118ª DP, foi instaurado inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Leonardo Pinheiro, ocorrida nesta quarta-feira (13), em Araruama. Perícia foi realizada no local. Diligências estão em andamento para esclarecer o caso”.

O jornalista, que havia trabalhado no Portal Fala Aruana e escrevia a página “A Voz Araruemense”, estava planejando disputar mandato de vereador pelo Patriota. Ele era líder comunitário.

O diretório estadual do Patriota lamentou a morte do correligionário: “É com muito pesar que o diretório estadual do Patriota do Rio de Janeiro comunica a morte do nosso filiado e pré-candidato a vereador por Araruama Léo Pinheiro. Ele foi vítima de homicídio no bairro Parati enquanto participava de uma entrevista ao lado de moradores da comunidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.