Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornal alemão não se importa com fúria “real” e publica fotografia do bumbum da mulher do príncipe William

Bild não liga para protestos da Realeza Britânica e expõe fotografia de Kate Middleton

princesaA impressa inglesa não é nada pudica e publica quase tudo. Investiga a vida privada das pessoas e a torna pública. Fotógrafos são contratados para seguir políticos e gestores mulherengos e o resultado da “pesquisa” é apresentado sem dó nem piedade. Escândalos recentes, que mostraram uma imprensa inglesa pouco ética, sobretudo os jornais de Rupert Murdoch, colocaram pulgas atrás das orelhas dos proprietários e editores. Na terça-feira, 27, o jornal alemão “Bild” (que o Portal Imprensa diz ser uma revista) publicou uma fotografia que exibe as graciosas nádegas — ou bumbum (sim, é explosivo), como dizemos no Brasil — da bela duquesa de Cambridge, Kate Middleton, mulher do príncipe William. A ventania provocada por um helicóptero — este ser deveras malicioso, espécie de Doutor Octopus voador — levantou a saia da “aristocrata”. A imprensa inglesa moitou e não quis comprar as fotografias. Mas a Inglaterra em peso viu e comentou a fotografia.

“Bild”, além de escancarar a fotografia — no Brasil, “O Globo” e o Portal Imprensa também publicaram, porém esmaecendo a imagem naquele lugar que todos, homens e mulheres, olhariam e olham, é claro —, comparou o “traseiro” de Kate, uma mulher de seriedade irretocável e dotes espetaculares, aos, digamos mais avantajados, das modelos Kim e Khloe Kardashian, com uma legenda nada comportada: “Traseiros que mexeram conosco nos últimos dias”. Os alemães estão perdendo a sisudez, estão se tornando mais ingleses.

A fotografia foi feita na Austrália, no dia 17 de abril, e a Realeza Britânica ficou furiosa com o “Bild”. A foto é pornográfica, fere a privacidade da mulher do príncipe. Pode até ferir. Mas é uma bela fotografia, exibindo uma mulher bonita na flor da idade. Faltou fair play à imprensa e aos nobres ingleses

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.