Marcelo Mariano
Marcelo Mariano

JN e Jornal da Globo adotam estratégias diferentes para entrevistas com presidenciáveis

Divulgação

É clara a diferença entre as entrevistas com os candidatos a presidente mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto conduzidas pelo Jornal Nacional e o Jornal da Globo.

No primeiro caso, William Bonner e Renata Vasconcelos interrompem os presidenciáveis em excesso e parecem querer debater ao invés de entrevistar.

No segundo, Renata Lo Prete também faz as suas considerações, mas de forma menos agressiva e, além disso, as perguntas costumam girar em torno mais de propostas que de polêmicas.

Outro exemplo de entrevistas bem-feitas são as do jornalista estadunidense Glenn Greenwald para o site The Intercept Brasil, que tem um viés claramente de esquerda.

Apesar disso, Glenn Greenwald, vencedor do Prêmio Pulitzer por divulgar programas secretos de vigilância dos EUA revelados por Edward Snowden, não deixou de apertar os candidatos Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (PSOL) e Marina Silva (Rede) — e, mais importante, sem ser agressivo.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.