Euler de França Belém
Euler de França Belém

Há jornais que “vendem” panelas para seus leitores. A Folha de S. Paulo prefere “civilizá-los”

O jornal paulista lança coleção de filmes sobre grandes líderes, como Churchill e Catarina, a Grande

Há grupos de comunicação que mercadejam panelas, facas, travessas, garfos, copos e até CDs musicais de baixa qualidade para anabolizar as vendas de revistas e jornais. Os jornais “O Popular” e o “Daqui” e a revista “Caras” comercializam produtos que, por vezes, podem ser encontrados em lojas similares às que vendem produtos de origem chinesa. A “Folha de S. Paulo”, pelo contrário, põe nas bancas de jornais e revistas, por um preço acessível, livros (“Lolita”, por exemplo), CDs (bossa nova, música popular e jazz) e filmes de qualidade. No domingo, 29, colocou na bancas o filme “A Imperatriz Vermelha”, inspirado na vida de Catarina, a Grande, que comandou a Rússia durante três décadas e era amiga de filósofos como Diderot e Voltaire.

Dirigido por Josef von Sternberg, o filme é um clássico de 1934, com os atores Marlene Dietrich, John Lodge, Sam Jaffe, Louise Dresser e Gavin Gordon. “Imperatriz Vermelha” pertence à coleção “Grandes Biografias no Cinema”. Winston Churchill, o maior político do século 20, ao lado de Franklin Delano Roosevelt, é um dos biografados da coleção, que, no geral, é muito boa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.