Euler de França Belém
Euler de França Belém

Grupo Zahran compra TV Anhanguera e rejeita O Popular

A prioridade total é a televisão. Mas a rejeição ao jornal pode não ser definitiva

Jaime Câmara Júnior, Tasso Câmara (o decano da família), Cristiano Câmara e Tadeu Câmara:  dirigem o Grupo Jaime Câmara há décadas

O Grupo Jaime Câmara vendeu a TV Anhanguera para o Grupo Zahran. O que está emperrando o negócio é que o grupo empresarial de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul — onde dirige as emissoras afiliadas à TV Globo e comanda o negócio de gás — adotou a posição de rejeitar o jornal “O Popular”, dado, segundo auditoria, o fato de ser deficitário. Os executivos da empresa ficaram surpresos ao verificar que, apesar de se tratar de um grande jornal — com muitas qualidades —, praticamente não ter anúncios durante toda a semana (perceberam também o alto encalhe nas bancas, inclusive aos domingos). O Grupo Zahran não pensa em jornalismo como mecenato. O jornal precisa ser “viabilizado”, mas a empresa não tem qualquer expertise em jornal impresso.

A rejeição a “O Popular” é definitiva? Não é, admitem as partes. Mas o jornal é visto como o patinho feio do Grupo Jaime Câmara. O Grupo Zahran ficou impressionando com a quantidade de funcionários e apontou que, mesmo num processo de venda, a redação continua contratando jornalistas. “Se ficar com o jornal, a empresa de Mato Grosso pretende demitir ao menos 40% dos profissionais”, admite um executivo local. As demissões serão feitas em todo o jornal (não se fala em demitir tão-somente jornalistas) — isto se o Zahran assumir mesmo o seu comando. Surpreendeu aos executivos de Mato Grosso o fato de que o jornal parece sem comando empresarial, quer dizer, a redação estaria ditando as normas, sem a prevalecer a autoridade dos proprietários.

Ao contrário do que se comenta, não há nenhum registro factual de que algum político esteja participando da aquisição de “O Popular”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A. Fonte

De novo? O pessoal da família Câmara vai ficar rico pra caramba. Todo mês eles vendem o Grupo…

ANONIO

NOVELA