Euler de França Belém
Euler de França Belém

Grupo Souza Lima desperdiça o talento e a imagem de Marília Gabriela

Empresa exibe poder ao contratar uma lenda da televisão como garota-propaganda, mas está vendendo seus serviços na área de segurança e limpeza ou a imagem da jornalista?

Divulgação

Não há dúvida de que a jornalista Marília Gabriela é uma entrevistadora do primeiro time, às vezes excessivamente empática, mas nunca modorrenta. Como atriz, embora apenas razoável, não deixa de surpreender. Como garota-propaganda, desde que bem orientada, funciona. Mas a publicidade do Grupo Souza Lima, que presta serviços de segurança patrimonial, desperdiça o seu talento.

Na publicidade, exibida na televisão, Marília Gabriela, uma estrela — portanto, chama a nossa atenção para o que está dizendo —, fala da modernização do Grupo Souza Lima. Avançou tanto que até pôde contratar um ícone da tevê patropi. A jornalista informa que a empresa tem nova sede e, se não me falha a memória, nova logomarca. Para uma publicidade relativamente longa, de caráter didático, é uma exposição relativamente pobre do que é o Grupo Souza Lima.

A imagem que fica é que, no fundo, a empresa está crescendo mesmo, pois tem condições de contratar como garota-propaganda uma lenda da televisão. A ressalta é que a imagem cristalizada, depois que se ouve e se vê a publicidade, é a de Marília Gabriela, e não a do Grupo Souza Lima.

Deixe um comentário