Euler de França Belém
Euler de França Belém

Goiano de Porangatu nocauteia Fabrício Werdum em luta de MMA

O lutador mais experiente tentou finalizar o gigante de mais de 2 metros. Mas saiu com o rosto precisando de lanternagem

Renan Problema nocauteia Fabrício Werdum | Foto: Divulgação

Sabe qual é o Problema do lutador Fabrício “Vai Cavalo” Werdum? É Renan.

Não há a menor dúvida de que Werdum é um lutador excepcional. Mas na luta contra Renan “Problema” Ferreira foi nocauteado de maneira vexatória.

Werdum chegou a derrubar Renan Problema e quase o imobilizou com um triângulo. Mas o lutador de 31 anos não parou de bater no experimentado lutador de 43 anos. Bateu forte e o nocauteou.

Na disputa pela Professional Fighters League (PFL), na quinta-feira, 6, em Atlantic City, nos Estados Unidos, Werdum alega que Renan Problema bateu a mão nas suas costas, sugerindo que estava desistindo. O que se viu foi outra coisa. Mesmo “encaixado” por Werdum, o gigante de mais de 2 metros, e 114 quilos, não parou de bater um minuto no oponente. Basta verificar o rosto do ex-campeão de MMA do UFC — muito machucado. O goiano saiu ileso, tanto que, se fosse possível, poderia enfrentar outro lutador. O adversário, pelo contrário, terá de passar por uma boa “lanternagem” ou um “martelinho de ouro”.

Renan Problema: o gigante de mais de 2 metros chegou para ficar | Foto: Divulgação

A vitória de Renan Problema se deu a menos de 3 minutos do primeiro round. Uma vitória incontestável.

Werdum, que fará 44 anos em julho, certamente deveria se aposentar. Seu Problema, mais do que Renan, talvez seja o peso da idade. Os reflexos e a força física não são os mesmos de outrora.

Renan Problema está se habilitando para enfrentar os melhores lutadores de MMA tanto da PFL quanto do UFC. É craque. Precisa, claro, de mais orientação. O futuro do Brasil no MMA, em termos da categoria peso-pesado, é “um” Problema — Renan Ferreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.