Euler de França Belém
Euler de França Belém

Globo e GloboNews lideram audiência em setembro

A pegada crítica dos veículos da Rede Globo está agradando os telespectadores e derrotando o discurso bolsonarista

Globo “lixo”? É como as tropas bolsonaristas tratam a maior rede de comunicação do país. Mas, a avaliar pela audiência, a Globo é mais “luxo” do que “lixo”.

A audiência da Globo e da GloboNews continua alta, bem à frente das redes concorrentes.

O Painel Nacional de Televisão mostra que, em setembro, a TV Globo, com 10 pontos, superou as concorrentes — a Record (4,4), o SBT (3,6), a Band (1,0) e a Rede TV! (0,4). A tevê aberta tem audiência bem mais alta do que os canais fechados.

Na tevê fechada, a GloboNews assumiu a liderança — com 0,24 ponto, seguida do SportTV, com 0,21.

Aline Midlej: excelente apresentadora da GloboNewa | Foto: Reprodução

Por que, se é tão atacada nas redes sociais, a Globo e a GloboNews são líderes em audiência? Primeiro, dada a cobertura exaustiva de assuntos que atraem o interesse público, como a CPI da Pandemia, as manifestações pró e contra o presidente Jair Bolsonaro e o caso da Prevent Senior. Segundo, parece que o público considera que os programas globais, como o “Jornal Nacional” e o “Em Pauta”, para citar apenas dois, são mais críticos e incisivos.

Se Bolsonaro está caindo nas pesquisas de opinião, com Lula da Silva, descolando-se dele, quem está vencendo mesmo? O presidente, claro, está perdendo a guerra da comunicação

Os telespectadores avaliam, tudo indica, que a concorrência — inclusive a CNN Brasil (que parece relativamente acomodada) — prefere ser o sorriso do poder e a cárie da sociedade. A massa crítica da Globo-GloboNews, com um enfrentamento direto com Bolsonaro — apontando os equívocos de seu governo em tempo integral —, agrada o público. O motivo talvez seja que, durante anos, a tevê brasileira, quando se tratava de lidar com os governos, era insossa, às vezes protocolar. Agora, tudo mudou.

Os comentaristas e repórteres são convocados, por seus editores, para criticar, com aspereza, o governo de Bolsonaro e a abrir espaço para seus críticos, como os membros da CPI da Pandemia. Os veículos da Globo às vezes excedem? Sim, excedem, mas abrem espaço para a divergência, ainda que com certa impaciência. Por mais que se discorde dos apoiadores do governo Bolsonaro, quando forem convocados para expressar suas opiniões, é preciso respeitá-los. E respeitá-los significa deixar que falem, que colocam seus posicionamentos, mesmo que sejam estapafúrdios. Recentemente, o senador Marcos Ribeiro do Val, bolsonarista, tentava se explicar, mas a apresentadora Aline Midlej — excelente, por sinal —praticamente cortava sua fala.

Por causa da forte presença nas redes, os mictórios do ódio do bolsonarismo acreditam que estão vencendo a guerra da comunicação e que a Globo está perdendo terreno. Lego engano. O público parece fiar-se mais na Globo do que nas redes sociais bolsonaristas. Tanto que a popularidade de Bolsonarismo está derretendo.

Se Bolsonaro está caindo nas pesquisas de opinião, com Lula da Silva, descolando-se dele, quem está vencendo mesmo? O presidente, claro, está perdendo a guerra da comunicação. Entretanto, seus aliados continuam defendendo ideias improdutivas. Como acreditar que o discurso do gestor nacional está “vencendo” se há um derretimento da imagem do político? Entender de grosseria, gritando mais alto, não é o mesmo que derrotar os veículos tradicionais e conquistar o coração das pessoas.

Confira  os dados do Painel Nacional de Televisão (PNT)

1º    GLOBO    10,94

2º    Record TV    4,44

3º    SBT    3,61

4º    TV BAND    1,02

5º    Rede Tv!    0,36

6º    GloboNews    0,24

7º    CULTURA    0,22

8º    SPORTV    0,21

9º    VIVA    0,21

10º    AXN    0,15

11º    Discovery Kids    0,14

12º    Cartoon Network    0,14

13º    RECORD NEWS    0,14

14º    REDE VIDA    0,13

15º    Universal TV    0,12

16º    Discovery Channel    0,12

17º    MEGAPIX    0,12

18º    GLOOB    0,11

19º    TNT    0,10

20º    Discovery Home & Health    0,09

21º    ESPN Brasil    0,08

22º    MULTISHOW    0,08

23º    Space    0,08

24º    CNN Brasil    0,07

25º    SPORTV 2    0,07

26º    Star Channel    0,06

27º    Warner    0,06

28º    TNT Series    0,06

29º    TV Gazeta    0,06

30º    TLC    0,06

31º    Nickelodeon    0,06

32º    Fox Sports    0,05

33º    Boomerang    0,05

34º    TELECINE ACTION    0,05

35º    GNT    0,05

36º    Comedy Central    0,05

37º    Discovery ID    0,05

38º    History    0,05

39º    Animal Planet    0,05

40º    FX    0,04

41º    TELECINE PIPOCA    0,04

42º    National Geographic    0,04

43º    TV NOVO TEMPO    0,04

44º    SPORTV 3    0,04

45º    CANAL BRASIL    0,04

46º    Paramount Network    0,04

47º    TELECINE PREMIUM    0,04

48º    Sony    0,03

49º    Studio Universal    0,03

50º    CNT    0,03

51º    Cinemax    0,03

52º    Discovery Turbo    0,03

53º    BAND NEWS    0,03

54º    Disney Channel    0,03

55º    TELECINE FUN    0,03

56º    Nick Jr    0,03

57º    TELECINE TOUCH    0,03

58º    Nat Geo Wild    0,03

59º    ESPN    0,02

60º    RIT    0,02

61º    H2    0,02

62º    Star Life    0,02

63º    Disney Jr    0,02

64º    AMC    0,02

65º    TV SENADO    0,02

66º    A&E    0,02

67º    Lifetime    0,02

68º    HBO    0,02

69º    Food Network    0,02

70º    E! Entertainment    0,02

71º    HBO2    0,02

72º    TELECINE CULT    0,01

73º    MTV    0,01

74º    HGTV    0,01

75º    BANDSPORTS    0,01

76º    TV CAMARA    0,01

77º    Disney XD    0,01

78º    TV ESCOLA    0,01

79º    TBS    0,01

80º    TCM    0,01

81º    Fox Sports2    0,01

82º    SHOPTIME    0,01

83º    ESPN2 Brasil    0,01

84º    AGROMAIS    0,01

85º    SyFy    0,01

86º    TERRA VIVA    0,00

87º    FUTURA    0,00

88º    PRIME BOX BRAZIL    0,00

89º    Film & Arts    0,00

90º    ARTE 1    0,00

91º    TRAVEL BOX BRAZIL    0,00

92º    SABOR & ARTE    0,00

93º    Nat Geo Kids    0,00

94º    TV JUSTIÇA    0,00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.