Euler de França Belém
Euler de França Belém

Fotógrafo da editora Globo morre aos 47 anos. Marcelo Min era um profissional multimídia

Editor da revista Época e a jornalista e escritora Eliane Brum dizem que era um repórter-fotográfico altamente gabaritado

O repórter-fotográfico Marcelo Min, colaborações de publicações a Editora Globo, como a revista “Globo Rural”, morreu, aos 47 anos, em decorrência de um aneurisma cerebral. Deixa mulher e dois filhos.

O editor de fotografia da revista “Época”, André Sarmento, diz que Marcelo Min era um profissional altamente qualificado. “Antecipou-se a uma exigência do mercado e, muito antes de todos, tornou-se um profissional multimídia. Começou a filmar e a escrever além de fotografar. Fez isso não porque achava que esta seria uma condição para conseguir trabalho, mas porque percebeu que estas ferramentas ampliariam seu repertório e lhe ajudariam a contar melhor as histórias”, escreveu Sarmento no portal da “Época”.

Uma vez, torcedores do São Paulo, Sarmento e Marcelo Min foram ao estádio assistir um jogo. O editor da “Época” não tirava o olho do campo, acompanhando cada jogada e torcendo de maneira fervorosa. “O estádio estava cheio. Enquanto eu torcia, o Min fotografava e filmava. Eu olhava para o lado e, incrédulo, perguntava para ele: ‘O que você está fazendo? Olha o jogo’. Concentrado nas imagens, ele nem respondia. No meio de 45 mil pessoas obcecadas por um mesmo objetivo, Marcelo estava numa espécie de transe. O que importava realmente para ele não era a vitória ou a derrota do time, mas ter uma ótima imagem que descrevesse aquele momento. Ele era assim”, conta Sarmento.

A jornalista e escritora Eliane Brum o considerava um profissional altamente gabaritado.

[Foto da revista Globo Rural]

Deixe um comentário