Euler de França Belém
Euler de França Belém

Fotografias e reportagem sobre pista de skate contestam título da capa de “O Popular”

Apenas uma pessoa aparece na fotografia da primeira página, mas o jornal fala em “grande público”

foto-materia-opopular-pista-de-skate

“Uma imagem vale mais do que mil palavras” é uma frase célebre. Mas, embora pareça perfeita, não o é inteiramente. Tanto que Millôr Fernandes, o filósofo do humor, rebate: “Agora diga isto sem palavras”. No mundo do jornalismo, as imagens — fotografias — são fundamentais. Por vezes, provam o fato, até mais do que o texto — além de comover e, não raro, chocar. Mas há momentos nos quais, por descuido do editor, a fotografia destoa da reportagem e acaba não dizendo praticamente nada.

Na capa de “O Popular” de sexta-feira, 10, há uma fotografia plasticamente bonita. O fundo amarelo realça a evolução de um jovem numa pista de skate, no parque recém-inaugurado pelo governo de Goiás no Autódromo Internacional de Goiás. Mas a foto contradiz o texto, que funciona como legenda. O editor escreveu: “Uma semana após inaugurado, parque junto do Autódromo atrai grande público”. Só há uma pessoa na fotografia da capa.

Na foto interna, na página 22, aparecem nove pessoas divertindo-se com skates. Do lado de fora da pista, há cinco pessoas. Quatorze pessoas não é o mesmo que “grande público”. A repórter Carol Almeida prefere “bom público”.

Os problemas apontados pelos usuários — a tinta da pista de skate atrapalha a aderência e a tabela da quadra de basquete (e outros esportes) “está errada” — são mencionados na reportagem, mas não nos títulos, subtítulos e legendas. As fotografias da capa e internas são de Cristiano Borges.

Mas uma coisa é certa: o Parque Marcos Veiga Jardim ficou mesmo muito bom. Trata-se de uma excelente iniciativa do governo de Marconi Perillo e feito graças à competência de Jayme Rincón.

Deixe um comentário