Euler de França Belém
Euler de França Belém

Filho de brasileiros planeja ser presidente dos Estados Unidos

Rod Silva é filho de imigrantes paulistas e é empresário bem-sucedido no país mais rico e competitivo do mundo

Rod Silva 9cu06c6w2ahanaz1gkfnapnz5

Os Estados Unidos e o Brasil têm laços extraordinários. No século 19, centenas de americanos do Sul vieram para o Brasil em busca de um lugar seguro. Eram confederados que se diziam perseguidos pelos vitoriosos na Guerra Civil Americana (1861-1865). Os sulistas perderam para os nortistas — os ianques — e tiveram muitas de suas propriedades saqueadas e queimadas. Abraham Lincoln pretendia pacificar o país, mas, assassinado por um sulista, não teve tempo de colocar em prática suas ideias. Daí, durante um certo período, imperou o caos. Os confederados organizaram colônias no Brasil e, embora alguns tenham voltado, muitos permaneceram na América do Sul. No século 20, as coisas se inverteram. Os brasileiros decidiram fazer a América. Muitos vão para os Estados Unidos, “fazem” a vida e depois voltam. Mas há os que ficam e se integram ao modo de vida americana. Rod Silva, de 43 anos, é filho de brasileiros e nasceu em Newark (mesma cidade do escritor Philip Roth), em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Agora, bem-sucedido como empresário, quer ser presidente do país.

Rod Silva, dono da bem-sucedida rede de restaurantes Muscle Maker Grill — de “comida saudável” —, fundou o Partido da Nutrição (nos Estados Unidos, há vários partidos, mas só o Republicano e o Democrata têm condições de eleger um presidente, ao menos por enquanto), pelo qual planeja ser candidato a presidente. O lema do empresário é “Faça a América Saudável Novamente” (“Make America Healthy Again”). Sua tese é que, num país de obesos, como os Estados Unidos, a saúde é a questão central a se discutir, acima de imigração, economia e reforma tributária.

Apresentando-se como um político independente, Rod Silva frisa: “Não tenho obrigação de fazer acordos em troca de apoio político. Sou um empreendedor de sucesso, entendo os problemas econômicos atuais e sei como solucioná-los. Eu acredito firmemente na vida, liberdade e no propósito da liberdade”.

Apesar da pauta convincente — os americanos estão sempre discutindo sobre uma vida mais saudável (alimentos orgânicos estão na moda) —, Rod Silva não tem chance de se eleger presidente dos Estados Unidos. Para ser eleito líder máximo do país mais rico do mundo, é preciso pertencer ao establishment político, quer dizer, é vital representar a média da vida política e econômica do país. Candidatos alternativos, que acabam contrariando o modo de vida dominante dos americanos, não têm condições de se eleger presidente.

A democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump — embora este se apresente como extremista, tende a ser, se eleito, relativamente moderado em questões políticas e econômicas — são pré-candidatos com chances. Rod Silva, como candidato, tem chance de chamar a atenção para seus negócios, embora a imprensa não destaque suas intenções, até por não vê-lo com qualquer chance de ser eleito e, mesmo, candidato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.