O “Correio Braziliense” (domingo, 16) entrevistou Maria Elisa Costa, filha do arquiteto Lucio Costa, o “inventor de Brasília”. A arquiteta criticou duramente o Plano de Preser­vação do Conjunto Urbanístico de Brasília. Se aprovado, o PPCub, a serviço da especulação imobiliária, vai descaracterizar a capital. Por isso, “o melhor seria” jogá-lo “na lata de lixo por decreto e começar de novo”.

“O que importa é criar meios de controlar o uso e ocupação do solo no entorno da área tombada para não acabar o pobre ‘avião’ cercado por um paliteiro de prédios altos. O horizonte faz parte de Brasília”, afirma Maria Elisa Costa.

A arquiteta acredita que o senador Rodrigo Rollemberg — ela é cunhada da mãe do governador eleito — “consertará” Brasília, ou melhor, terá condições de impedir que seja desarranjada.