Euler de França Belém
Euler de França Belém

A falta de sintonia entre William Bonner e Renata Vasconcelos sugere que há dois Jornal Nacional

William Bonner e Renata Vasconcelos não se entendem: o primeiro parece em Marte e a segunda em Vênus. A jornalista estaria intimidada no Jornal Nacional | TV Globo/João Cotta

William Bonner e Renata Vasconcelos não se entendem: o primeiro parece em Marte e a segunda em Vênus. A jornalista estaria intimidada no Jornal Nacional | TV Globo/João Cotta

William Bonner é, disparado, o mais qualificado apresentador do telejornalismo brasileiro. Fala bem, com a clareza necessária, com rapidez e tem noção precisa do tempo específico dedicado às notícias no “Jornal Nacional”. A parceria com Fátima Bernardes era quase perfeita, com raras falhas. Eles se entendiam por música, por assim dizer. Com Patrícia Poeta, não havia uma sintonia fina, faltava uma certa convergência, mas, com o tempo, foram se ajustando e cometiam poucas erros.

A nova parceira de William Bonner, Renata Vasconcelos, é uma profissional competente. Ela sabe com precisão o que é jornalismo de televisão e já havia apresentado o “Jornal Nacional” algumas vezes, sem problemas. Porém, ao menos no momento, falta química entre os dois. Não conseguem nem rir ao mesmo tempo. Às vezes, ficam em dúvida sobre quem deve ler a notícia e aí um olha para o outro — desconsolados e apreensivos. Como William Bonner está em seu elemento — é a cara e o tom do “Jornal Nacional” —, o problema é mesmo com a “intimidada” Renata Vasconcelos.

Aos poucos, por ser uma profissional experimentada, Renata Vasconcelos vai acostumar-se ao ritmo veloz do “Jornal Nacional”. Por enquanto, o telespectador parece que está assistindo dois “Jornal Nacional” — o de William Bonner, rápido como um míssil, e o de Renata Vasconcelos, cadenciado como o futebol de Ademir da Guia. Ela inclusive parece “assustada”.

10 respostas para “A falta de sintonia entre William Bonner e Renata Vasconcelos sugere que há dois Jornal Nacional”

  1. Avatar Helter disse:

    Doutor Euler de França, como este tipo de análise força a barra. A própria Globo deu orientação, porque sabe do risco do carisma da Renata, basta olhar todos os comentários publicados na internet e ver que grande parte das pessoas se manifestaram, favoravelmente, a ida dela para a bancada do JN.

  2. Avatar rosangela disse:

    acho que o jornal deixou a desejar,a patrícia tinha segurança e muita capacidade,já não vejo parceria e sintonia ,que pena

  3. Avatar Carla Almeida disse:

    para mim melhor âncora é do Brasil è Ricardo Boachard e o Paulo Henrique Amorim quando era âncora da Band.Não vejo na de especial em william Bonner. eu particurlamente acho ele muito chato

  4. Avatar flavia disse:

    Bem assim. Quando ela sorri, ele fica sério, parece que não gosta dela. E ela não consegue relaxar, fica tensa. Ele fica com cara de bunda o jornal inteiro.

  5. Avatar SONIA SALERO disse:

    A Renata é sensacional!
    Ela é competente, séria , e extremamente suave.
    Adoro seu carisma.

  6. Avatar Gafre disse:

    Melhor jornal …Ricardo boachat…..o resto é péssimo …Ricardo fala a verdade..e q o povo precisa ouvir.

  7. Avatar JEFFERSON LUIS SPADACCIA disse:

    A crítica não sabe o que fala a Renata Vasconcelos caiu certinho no jornal nacional e a cara dela sempre.assisto os dois tem uma sintonia profissional certa espero que ela fica

  8. Avatar Anderson Melo disse:

    Ficou claro hoje entrevistando o candidato Bolsonaro… E ainda quis botar o candidato em saia justa… Será que um dia ela vai receber o salário igual ao do Bonner? Rsrs

  9. Avatar marina disse:

    dois chatos, não deixam o entrevistado falar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.