Euler de França Belém
Euler de França Belém

Eduardo Oinegue é cotado para ser porta-voz do governo Temer. Heraldo Pereira não quis o cargo

O jornalista da Globo não quis trocar seu emprego estável e um salário muito superior por um governo de dois anos e quatro meses

Eduardo Oinegue, jornalista, é cotado para ser porta-voz do governo de Michel Temer

Eduardo Oinegue, jornalista, é cotado para ser porta-voz do governo de Michel Temer; ele foi editor da “Veja” e da “Exame”

Trocar um emprego garantido na TV Globo para trabalhar num governo de dois anos e quatro meses é para quem perdeu o senso. Não é o caso de Heraldo Pereira, repórter do primeiro time e apresentador-substituto do “Jornal Nacional”. O jornalista, que ganha vinte vezes mais do que ganharia no governo de Michel Temer, sabe que, se deixar a Globo, no auge da carreira, não voltará mais, ao menos não na posição atual. Por isso, não aceitou o convite para ser porta-voz do governo Temer.

O jornalista mais cotado para se tornar porta-voz do governo Temer é Eduardo Oinegue, ex-editor das revistas “Veja” e da “Exame”. Trata-se de um profissional experimentado, com uma passagem bem-sucedida pela “Veja” e uma passagem controversa pela “Exame”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.