Euler de França Belém
Euler de França Belém

Editora Record lança bíblia sobre a cultura da Rússia. O autor é o historiador inglês Orlando Figes

Pesquisador faz um dos maiores mapeamentos da cultura russa, destacando pintores, poetas, prosadores, dramaturgos e diretores de cinema

Um portento editorial finalmente chega ao Brasil, uma verdadeira bíblia sobre a cultura na Rússia. Trata-se de “Uma História Cultural da Rússia” (Record,      882 páginas, tradução de Maria Beatriz de Medina), de Orlando Figes.

Quase tudo que você quiser saber sobre a cultura na Rússia, uma civilização riquíssima — que nos deu, entre outros, Púchkin, Tolstói, Dostoiévski, Turguêniev, Tchekhov, Isaac Bábel, Óssip Mandelstam, Anna Akhmátova e Boris Pasternak (poeta que precisa ser “descoberto” no Brasil) —, pode ser encontrado na obra do brilhante historiador inglês.

Comentei o livro algumas vezes no Jornal Opção — de maneira mais extensa no artigo “Cinema poderoso de Eisenstein escapou ao menos em parte do controle rígido de Stálin”. É notável entre os notáveis.

Saiba mais aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.