Euler de França Belém
Euler de França Belém

Dilma Rousseff pode sofrer impeachment. Financial Times lista dez motivos

Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR

Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR

  1. Política: “Para um presidente brasileiro ser cassado, ele deve fazer algo flagrantemente errado. Mas muitos fazem isso e sobrevivem”, começa o autor [Jonathan Wheatley]. Para ele, entretanto, o que realmente conta é a perda de apoio no Congresso.
  2. Petrobras: Com todos os escândalos envolvendo a estatal, o pessimismo do mercado diante do governo apenas aumenta e pressiona ainda mais a presidente. Ele destaca que, se em algum momento o Congresso decidir fazer algo para um impeachment, “a Petrobras forneceria o pecado flagrante”. “Dilma foi presidente do conselho de administração, quando a maior parte da suposta corrupção aconteceu”, ponderou.
  3. Confiança do consumidor: “Os consumidores estão extremamente saturados”, diz o jornal, ao mencionar um estudo da FGV que aponta a queda no índice de confiança do consumidor para o menor nível desde 2005.
  4. Inflação: A publicação reitera que há 20 anos a inflação no Brasil já foi de cerca de 3000% ao ano. “Muitos são jovens demais para lembrar, mas outros não”, diz o texto, complementando que “alguns temem que o governo abandone a meta de inflação”, que está em 4,5% ao ano.
  5. Desemprego: Segundo o Financial, a perda de 26 mil empregos em janeiro, além da recente greve de caminhoneiros pelo país, apontam que “o desemprego é um grande desafio de popularidade para Dilma”.
  6. Confiança do investidor: O texto diz também que o governo está sendo forçado a vender cada vez mais títulos de contratos de dívida de curta duração, por conta da preocupação dos investidores com a capacidade do governo em cumprir metas orçamentárias.
  7. Orçamento: O FT menciona o primeiro déficit orçamentário primário em mais de uma década em 2014, “efetivamente levando o país de volta aos dias sombrios antes de começar a implementar pelo menos uma aparência de disciplina fiscal”.
  8. Economia: Os investidores esperavam que a nomeação de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda iria mudar, diz. “Mas a tarefa parece cada vez mais difícil”. “Levy tem aparecido como uma figura solitária”, completa.
  9. Água: A seca na região Sudeste também é apontada como um motivo para o impeachment de Dilma: “a sensação de aproximação do apocalipse no Brasil é sublinhada por uma escassez de água que atinge a cidade de São Paulo”, diz.
  10. Eletricidade: O FT cita a derrota do PSDB para o PT em 2002, dizendo que, “na última vez em que um governo foi derrubado (embora nas urnas, e não por impeachment), a principal causa foi o racionamento de energia elétrica”.

Texto extraído do site Portal Imprensa. Link: http://www.portalimprensa.com.br/noticias/brasil/70964/financial+times+lista+10+motivos+para+acreditar+que+dilma+pode+sofrer+impeachment]

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Epaminondas

Mas existe apenas um motivo que afugenta o Impeachment: O Congresso tem Dilma na mão. Pra que eles iririam querer se livrar de uma presidente que é sua refém e colocar um que não?

Bom é o PSDB, que eu até agora não entendi porque não se funde logo junto ao PT: Eles condensam votos dos descontentes do PT, mas unanimamente condenam o impeachment. Quase como que sentindo um “nojinho”.