Euler de França Belém
Euler de França Belém

Companhia das Letras lança nova tradução do romance “O Quarto de Giovanni”, de James Baldwin

A tradução é de Paulo Henriques Britto. Rogério Galindo verte para o português “Terra Estranha”

Publicado há 62 anos, o romance “O Quarto de Giovanni”, a obra-prima James Baldwin (1924-1987), envelheceu como se tivesse descoberto o elixir da juventude. Parece ter sido escrito ontem, tais a vitalidade de sua prosa e a atualidade do tema, a homossexualidade dos personagens centrais, o americano David e o italiano Giovanni. O encontro entre os dois “reabre” a cabeça de David, de certo modo um puritano, para a vida.

“O Quarto de Giovanni” ganha tradução de Paulo Henriques Britto e sai pela Companhia das Letras (232 páginas), com apresentação do escritor Colm Tóibín e posfácio de Hélio Menezes.
A tradução anterior pode ser encontrada no portal Estante Virtual.

A Companhia das Letras lança também “Terra Estranha” (568 páginas), com tradução de Rogério W. Galindo.

Deixe um comentário