A CBN começou a semana demitindo. De uma tacada, afastou Carlos Andreazza e André Trigueiro, dois de seus profissionais mais gabaritados e conhecidos.

Numa postagem no X, Carlos Andreazza escreveu: “Pessoal, me antecipo às especulações etc.: saí da CBN. Foram quase três anos e muita história pra contar. Sentirei imensa saudade do CBN Rio — fizemos muita bagunça — e do trabalho com aquela redação de irmãos. Foi bonito. A ver agora — momento clichês — o que virá. Avante!”

Carlos Andreazza, que era âncora e comentarista — apresentador do matutino diário “CBN Rio” e do podcast Dois+Um, ao lado de Vera Magalhães — permanece no jornal “O Globo” como colunista.

André Trigueiro, embora demitido da CBN, continua na GloboNews e na Globo. É um dos mais prestigiados jornalistas da emissora, sobretudo por ser, ao lado de Fernando Cabeira, um dos que mais entendem de meio-ambiente. Raramente diz bobagem sobre o assunto. E o caráter polêmico de seus comentários, quase sempre incisivos, parece agradar o público.