Rodrigo Hirose
Rodrigo Hirose

Bolsonaro tem relação com demissões de Villa e Paulo Henrique Amorim e do pedido de demissão de Sheherazade?

Record coloca âncora do Domingo Espetacular na geladeira, enquanto a apresentadora do SBT Brasil tornou-se alvo do empresário Luciano Hang

Rache Sheherazade, Paulo Henrique Amorim e Marco Antonio Villa | Fotos: Divulgação

Os dias estão complicados para o jornalismo brasileiro. Alvo de críticas tanto da esquerda (que chama a Globo e outros grandes veículos de golpistas), quanto da direita (para quem os mesmos veículos são comunistas), a imprensa tem registrado baixas, motivadas por questões financeiras ou interesses políticos, e pedidos de cabeça.

Nesta segunda-feira, 24, a Record confirmou o afastamento do apresentador Paulo Henrique Amorim da apresentação do Domingo Espetacular. O jornalista estava há quase 15 anos à frente da revista eletrônica da emissora.

Em nota oficial, a TV do bispo Edir Macedo informou que, a partir do próximo domingo, o Domingo Espetacular será apresentado por Patrícia Costa e Eduardo Ribeiro. “As mudanças fazem parte da reformulação do jornalismo da TV Record”, diz a nota.

Dono do blog Conversa Afiada, Paulo Henrique Amorim defende a tese de que a ex-presidente Dilma Rousseff foi vítima de um golpe e é um crítico da Lava Jato e da condenação do ex-presidente Lula, bem antes do escândalo da Vaza Jato.

Nos últimos meses, PHA tem atacado duramente o governo Bolsonaro. Daí surge o boato de que o afastamento do profissional, que permanecerá na geladeira “à disposição para novos projetos”, tem relação com o Palácio do Alvorada – a emissora tem tido uma posição simpática ao atual presidente.

Paulo Henrique Amorim também teve seus problemas internos e externos. Há dois anos, foi acusado de assédio moral pelas colegas Janine Borba, Patrícia Costa e Thalita Oliveira. Em 2013, PHA foi condenado por injúria racial, em um processo movido pelo apresentador Heraldo Pereira, hoje na Globonews. No Conversa Afiada, Amorim afirmara que Pereira era um “negro de alma branca” e que nunca havia revelado nada além de ser “negro e de origem humilde”.

Cabeça à prêmio

Quem também tem enfrentado problemas nos últimos dias é a apresentadora do SBT Brasil, Rachel Sheherazade. Em uma postagem no Twitter, o empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, pediu a cabeça da jornalista. Ao comentar demissões na emissora, Hang escreveu: “O jornalismo da grande mídia está todo contaminado com ideologias comunistas que destroem o nosso Brasil. Parabéns, Silvio Santos. Somos fruto do que plantamos no passado. O povo quer mudanças. Ainda falta mais gente para você demitir. Rachel é uma delas”, ‘sugeriu’ Hang em postagem no microblog.

Sheherazade respondeu na mesma rede social. E prometeu processar o empresário. Até o momento, Sílvio Santos não deu sinais de que atenderá ao pedido de um dos anunciantes da emissora.

Por fim, na segunda-feira o historiador Marco Antonio Villa anunciou sua demissão da Jovem Pan. Segundo o autor de “Ditadura à brasileira”, Villa disse que decidiu não voltar à rádio após ter sido afastado por 30 dias. “Não tinha mais nem condições de voltar a trabalhar lá. Senti que não havia mais clima depois de me darem uma quase punição”, afirmou em entrevista ao UOL.

Por coincidência, ou não, os três têm em comum o fato de serem críticos ao governo Bolsonaro. Villa e Sheherazade (a segunda mais que o primeiro) são, ou eram, inclusive, ídolos da direita de Twitter. Hoje, são chamados de “comunistas”.

3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

JUAREZ FILGUEIRAS CARNEIRO

Qualquer jornal perde a credibilidade junto aos leitores ao afastar um jornalista da sua empresa com o conhecimento e a sinceridade do admirado e competente Marco Antonio Villa.

Kleber Felizola

Parabéns Rede Record por afastar esse ser das telas de tv! Muito obrigado!

HEN-GOLDMAN (@GoldmanHen)

O problema do Paulo Amorim vai começar agora do outro lado da vida, que D-us tenha piedade da alma dele.