Euler de França Belém
Euler de França Belém

Assim como o Jornal Nacional receava dizer o nome de Tommaso Buscetta, a Fox esconde o nome Caraglio

Quando Tommaso Buscetta (1928-2000) foi preso no Brasil, os apresentadores de telejornais, notadamente os do “Jornal Nacional”, torciam a língua para pronunciar o sobrenome do mafioso italiano. Na terça-feira, 20, ocorreu algo semelhante. Na disputa entre o Vélez Sarsfield e o Boca Juniores, pelo Torneio de Verão 2015, uma das estrelas era o atacante Milton Caraglio. Inicialmente, a Fox Sports começou a chamá-lo de Caraglio, como é conhecido, porém, de repente, o narrador e os comentaristas passaram a nominá-lo de Milton. Ordem superiores, admitiu o narrador Marco de Vargas.

Na Copa do Mundo de 2006, segundo o Portal Imprensa, “os narradores brasileiros” fizeram “malabarismos para anunciar o goleiro costarriquenho José Porras”.

Nada mais infantil. Quem ficar constrangido devido à citação de nomes como Buscetta, Caragligo e Porras, que não têm nada de acintoso, precisa de analista — quem sabe, com certa urgência. Editores de jornais e emissoras e redes de televisão comportam-se como se fossem tutores dos leitores e telespectadores.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.