Euler de França Belém
Euler de França Belém

Artur Xexéo lança biografia de Hebe Camargo, a apresentadora de televisão e cantora

Cantora e apresentadora de televisão, a loira, talvez rebelde nas ações e conservadora nas posições, era popularíssima

Hebe Camargo era aquilo que se costuma chamar de uma “força da natureza”. Pode-se não admirá-la, mas era uma mulher múltipla, esfuziante e, sobretudo, uma estrela. Brilhou como cantora nos tempos da dominância do rádio como meio de comunicação e, depois, como apresentadora de televisão, dos primórdios até sua morte, em 2012, aos 83 anos.

A tevê e Hebe Camargo são irmãs siamesas. Era mesmo uma namoradora inveterada, admirada por políticos e empresários? Tudo isso e muito mais está na biografia “Hebe — A Biografia” (Best Seller, 274 páginas), do jornalista Artur Xexéo.

Artur Xexéo: biógrafo de Hebe Camargo

A cantora-apresentadora (ficou mais conhecida como apresentadora) era rebelde nas ações — no comportamento, sempre uma mulher independente e trabalhadora — e conservadora nas posições. Uma rebelde integrada, diria o historiador Carlos César Higa (que deveria biografar Silvio Santos e Aracy de Almeida). Era popularíssima. A biografia entra para a minha lista penelopiana de leituras. Afinal, além da história (ou histórias) ser provavelmente interessável, Artur Xexéo é um jornalista gabaritado. Contar Hebe é, por certo, narrar uma parte da história do Brasil, em termos de cultura, entretenimento e comunicação.

A biografia pode ser encomendada nos sites das livrarias Travessa (www.livrariatravessa.com.br), por R$ 27,57, Amazan (www.amazon.com.br), por R$ 33,19, e Cultura (www.livrariacultura.com.br), por R$ 34,90.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.