Euler de França Belém
Euler de França Belém

Americano acredita em jornalista, não se vacina e morre de Covid

Patrick Laine era de centro-direita e decidiu não se vacinar, seguindo recomendação do jornalista Tucker Carlson, da Fox News

Doze leitores me perguntaram se a CNN Brasil não excedeu ao demitir o comentarista Alexandre Garcia, do quadro “Liberdade de Opinião”, e se o afastamento tem a ver com o fato de o jornalista ser, assumidamente, de direita.

Num texto publicado na semana passada, escrevi que a demissão não tem a ver com Alexandre Garcia ser de direita, e sim com o fato de que estava propagando informação falsa sobre o kit-Covid. Se a CNN (que nada tem de comunista — é capitalista da gema) concorda com médicos e cientistas, de que o tratamento precoce é um engodo, e se um dos seus funcionários discorda e propaga informação equivocada, que pode levar à morte de pessoas, é justo que o afaste. Antes, a rede deixava-o propagar contra-informações e, em seguida, o desmentia publicamente. Mas é preciso considerar que a informação errada — e não endossada por cientistas de primeira linha —, mesmo que divulgada por um único jornalista, acaba por ser considerada como da CNN, o que desgasta sua imagem (ficava-se com a impressão de que, às vezes, Alexandre Garcia era o “editorialista” da CNN Brasil).

Tucker Carlson, Evan Laine e Katie Laine | Foto: Reprodução

Recentemente, os irmãos Katie Laine e Evan Laine concederam entrevista à CNN americana, no programa “News Day”, e revelaram que o pai, Patrick Laine, se recusou a tomar a vacina contra a Covid-19 por ter se fiado em declarações do apresentador Tucker Carlson, da Fox News.

Tucker Carlson é um simulacro do brasileiro Alexandre Garcia, só que mais enfático e radical (o brasileiro chega a ser “moderado” perto do americano). Ao assistir seus vídeos, no YouTube, Patrick Laine tomou uma decisão: só tomaria a vacina após a aprovação do FDA. Ficou doente e foi internado. A vacina da Pfizer foi liberada, mas era tarde. Patrick Laine morreu, aos 45 anos, deixando órfãos os jovens Katie e Evan Laine.

Patrick Laine era de centro-direita, e não de extrema-direita. Mas considerou como válidas as opiniões de Tucker Carlson, da Fox News.

Apesar da repercussão da morte de Patrick Laine e das declarações de sua filha, Tucker Carlson continua a divulgar desinformação sobre a vacina contra a Covid e medidas de distanciamento social. Ele postula que adolescentes não precisam ser vacinados (como se eles não ficassem doentes) e é contrário aos passaportes sanitários.

Recentemente, Tucker Carlson entrevistou Eduardo Bolsonaro, que, mal-informado, disse que o prefeito de Nova York, Bill De Blasio, é marxista. Ora, nem mesmo Bernie Sanders, do Partido Democrata, pode ser considerado marxista. A ignorância se tornou a maior multinacional do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.