Filho do escritor gaúcho Erico Verissimo, o petista encardido Luis Fernando Verissimo comparou, em crônica feita para “O Globo”, todos os que fomos às ruas no dia 16 a “cachorros correndo atrás de automóvel”.

Para defender assim a bandalheira, só com muita revolta. Mas é compreensível. Não é fácil carregar a mediocridade sendo filho do genial escritor gaúcho.