Yago Rodrigues
Yago Rodrigues

PSDC sem estrutura para fazer campanha na rua

Campanha de Alexandre Magalhães (PSDC) tem foco em lideranças, estudantes e empresários

Campanha de Alexandre Magalhães (PSDC) tem foco em lideranças, estudantes e empresários

A proposta para campanha de candidatura ao governo do Es­ta­do de Goiás de Alexandre Maga­lhães, candidato pelo Partido Social Democrata Cristão (PSDC), segue os passos da campanha de Van­der­lan Cardoso (PSB): sem o alarde das grandes car­reatas. O filho do ex-de­putado Juarez Magalhães ainda a­lém: sem carro algum. “Eu não es­tou fa­zendo uma campanha focada nas ruas, em Anápolis. Minha campanha no município está focada mais em visitas a lideranças, estudantes e empresários”, afirma Magalhães.

A sigla não tem nenhum candidato a deputado estadual ou federal que dê apoio à campanha do governadoriável. “Nós não temos nenhum candidato na região. Quem nos apoia realmente são as pessoas que estão filiadas ao partido”, diz. Alexandre explica que esse apoio é de pessoas que vestem a camisa, que têm compromisso com seus ideais, sem receber pagamento ou outro tipo de benefício em troca.

“Não são pessoas que estão sendo pagas para trabalhar em campanha, como existe por aí. Percebemos muita gente trabalhando por recurso e dinheiro. Nós não fazemos campanha dessa forma”, diz o candidato. Magalhães afirma que não tem o dinheiro que os outros candidatos têm e estão derramando. “E a sociedade nem sequer sabe a origem desse dinheiro.”

Alexandre promete fazer uma campanha correta e a população, com o horário eleitoral, perceberá quem tem mais princípio, mais ética e moral. “Não derramarei dinheiro para ninguém”, conclui.
Sua expectativa é que os eleitores que ainda não decidiram seu voto tenham elementos para escolhê-lo como candidato. Lem­bran­do que a mais recente pesquisa Fortiori, pu­blicada pelo Jornal Opção no dia 17, apresentou 48% de indecisos/não sabe, no levantamento espontâneo (sem indicação dos nomes) para governador: “A expectativa é ga­nhar, pois 60% dos eleitores ainda es­tão indecisos e a campanha, com o horário eleitoral, começou na quarta-feira, 20 [primeiro dia em que foram ao ar as propagandas dos governadoriáveis]. A partir de agora, Alexandre Magalhães será conhecido”.

Sobre como funcionará a campanha em Anápolis, ele esclarece que amigos professores marcarão reuniões, nas quais ele conversará com os presentes, apresentando a proposta. Assim, espera o candidato, que cada um leve a mensagem da sigla e agregue novas pessoas à campanha. Com 47 anos de idade, Alexandre Magalhães ainda não tem nenhuma experiência na política.

Uma resposta para “PSDC sem estrutura para fazer campanha na rua”

  1. Avatar ôopa! disse:

    Bobagem ! Este tipo de candidatura é mais para aparecer e se preparar para uma candidatura futura a um cargo “menor”. Sabe e sempre soube que não teria nenhuma condição de concorrer ao cargo com o sistema político atual. Candidata, agora, para tentar ser lembrado pela população local nas próximas eleições (2 anos). Quem sabe, para vereador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.