Avatar
Frederico Vitor

Prefeitura e governo estadual firmam compromisso pela criação do Daia 2

João Gomes e Marconi: proximidade na apresentação de projeto do Daia 2 | Prefeitura de Anápolis

João Gomes e Marconi: proximidade na apresentação de projeto do Daia 2 | Prefeitura de Anápolis

O prefeito João Gomes (PT) se reuniu com o governador Marconi Perillo (PSDB) na semana passada em Goiânia, onde, além de tratar de interesses da cidade nas diversas áreas, recebeu do chefe do Executivo estadual a garantia da implantação de um novo distrito industrial para Anápolis, inicialmente denominado Daia 2.

A reunião durou uma hora e meia, uma pauta de mesclava as demandas de Anápolis e projetos para o futuro, sobretudo em relação ao repasse do ICMS e, o principal, a construção do Daia 2, um espaço destinado a novos investimentos em Anápolis. Na próxima terça-feira, 6, será a vez do governador visitar Anápolis. Marconi participará de uma reunião na qual será assinado um protocolo de intenções para a viabilização, planejamento e execução do Daia 2.

O encontro entre os chefes do Executivo estadual e municipal foi em clima amistoso e de muita proximidade, apesar de pertencerem a legendas antagônicas. O que significaria este entusiasmo mútuo? Há várias possibilidades, porém uma delas aponta que Marconi não estaria entusiasmado em bancar um candidato de seu partido que sustentasse um discurso ostensivo e crítico à administração de João Gomes. Outra possibilidade seria um apoio branco, isto é, os tucanos não lançariam candidatos às eleições de 2016 — ou bancariam uma candidatura frágil para manter posição.

Em relação a criação do novo distrito industrial de Anápolis, esta não é uma demanda atual. Há algum tempo, o município tem sentido o reflexo da não expansão de seu setor industrial, pelo qual Anápolis é reconhecida internacionalmente. A principal problemática: queda em sua arrecadação de impostos.

Por isso, a prefeitura, juntamente com as entidades dos setores produtivos em níveis municipal e estadual têm estudado formas para dar resolutividade a esta demanda. Na reunião, João Gomes apresentou a Marconi o projeto técnico para a implantação do Daia 2, pautado em uma Participação Público-Privada (PPP), que, segundo ele, é a forma mais rápida de garantir a criação do novo distrito.

O governador se mostrou favorável à criação do novo distrito industrial pautado por uma PPP, a qual dará apoio necessário na esfera estadual. De acordo com o governador, esta seria uma forma de dar condições para que o município volte a crescer economicamente.

Catalogação de terrenos

A prefeitura catalogou as áreas que poderão ser instalados o Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) 2 e 3. O anúncio foi feito pelo prefeito João Gomes, em seu gabinete, durante reunião com empresários, vereadores e representantes do governo estadual. Há seis anos Anápolis não recebe indústria de grande porte porque o Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) não comporta nenhuma expansão, por conta de falta de espaço. Por isso, o prefeito busca áreas de interesse econômico que possam receber grandes empreendimentos.

Durante a reunião, foi exposta a possibilidade duas áreas, de 260 e 170 alqueires, na região da Igrejinha, que poderão receber, além de indústrias, o Parque Tecnológico da cidade. O projeto é do município e conta com a parceria do governo de Goiás para viabilizar todas as documentações necessárias para a construção do Daia 2 e também do Daia 3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.