Avatar
Marcos Nunes Carreiro

Estrela do momento entre os “nanicos”, PHS deve continuar na base do governo

Marconi deve manter apoio do PHS / FOTO: Fernando Leite/Jornal Opção

Marconi deve manter apoio do PHS / FOTO: Fernando Leite/Jornal Opção

O PHS é o único partido no Brasil cujo presidente nacional é de Goiás. Isso se deve, em grande parte, ao bom trabalho realizado por Eduardo Machado à frente da sigla. É certo que Eduardo procura costurar bem seus contatos afim de dar boa musculatura a seu partido. Devido a isso, está sendo disputado entre os grandes para as eleições majoritárias deste ano. O governador Marconi Perillo quer que o PHS continue em sua base. Foi feito o convite para que Eduardo assuma a suplência de Vilmar Rocha, pré-candidato ao Senado.

Porém, é mais certo ainda que o ex-prefeito de Anápolis e pré-candidato ao governo estadual pelo PT, Antônio Gomide, já o convidou para assumir a vice em sua chapa. O convite de Gomide é de­ve­ras tentador. Entretanto, a decisão sobre a aliança não cabe ao presidente e sim ao partido. E é nesse pon­to, segundo membros da direção do PHS goiano, que a decisão tende para que o partido continue na base do governo tucano. “Acredito que o partido deverá se mantém na base do governador. Falo isso porque o presidente Eduardo [Machado] tem um relacionamento muito bom com o Vilmar Rocha, tanto que o trata como ‘meu professor’. Além disso, a grande maioria dos candidatos a [deputado] estadual, trabalhou pelo governador Mar­coni desde as últimas eleições”, diz um membro do partido.

A mesma fonte diz que o partido tem liberdade para dialogar. “E vamos continuar dialogando. A configuração política é dinâmica e nada impede que o partido escolha estar junto com a candidatura de Gomide. Tudo depende do que o partido irá decidir. Mas é preciso ter mente que, às vezes, uma aliança em Goiás pode ter influência nas alianças formadas nos outros Estados. Afinal, so­mos um partido nacional que tem um presidente goiano”, declara. A decisão deverá ser tomada em breve, provavelmente em maio, pelo menos no que diz respeito às majoritárias, pois nas proporcionais, o PHS irá de chapa pura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.