Marcos Nunes Carreiro
Marcos Nunes Carreiro

“Estou na administração há 5 anos e faço parte desses 91,4% de aprovação”, diz João Gomes

Prefeito João Gomes fará parte da campanha ao governo, mas focará na administração como forma de auxiliar na caminhada do partido

Prefeito João Gomes fará parte da campanha ao governo, mas focará na administração como forma de auxiliar na caminhada do partido

Em continuidade ao trabalho então exercido na administração de Anápolis, o recém-empossado prefeito João Gomes foi ao encontro de sua equipe de trabalho para “acertar os ponteiros” da nova direção municipal. Fez reuniões com os secretários, auxiliares de segundo e terceiro escalões, assim como se encontrou com as entidades classistas anapolinas e conselheiros — como o deputado federal Rubens Otoni (PT). Esse foi o resumo da primeira semana de João Gomes à frente da prefeitura. Como já havia dito, não haverá mudanças no quadro de seus auxiliares, pois, como afirma o prefeito, “em time que se ganha só se mexe em dois casos: se alguém se machucar, ou se cansar. Não lidamos com isso ainda”.
João Gomes recebeu a coluna na prefeitura:

O bom relacionamento com os governos federal e estadual representou o ponto forte do ex-prefeito Antônio Gomide. O sr. seguirá esse caminho?
Inevitavelmente, serei comparado ao ex-prefeito não só nesse aspecto, mas também em outros. Mas é importante dizer que estou nessa administração há cinco anos e também faço parte dos 91,4% de aprovação do governo. Não sou um mero coadjuvante. Fui protagonista, juntamente com toda a equipe, na liderança do ex-prefeito. Melho­ramos muito nesses cinco anos no que diz respeito à qualidade dos serviços prestados. E melhoraremos mais. Sobre o relacionamento com os governos, seguiremos. Anápolis não é uma ilha e não conseguimos governar sozinhos. A cidade cumpre um papel importante no Estado e no Brasil, pois está no 46º lugar dos maiores rankings do país. Grande parte das obras realizadas em Anápolis é uma parceria entre a prefeitura e o governo federal, por exemplo.

Esse período eleitoral é apontado como complicado para governar. Para o sr. será mais difícil, tendo em vista: a situação complicada em que o governo federal se encontra; que o sr. é oposição ao governo estadual; além de aliado direto de um adversário do governador?
De fato esse período eleitoral é complicado. Mas essa relação com os demais níveis de governo deve ser republicana. O governo federal tem agido bem com Goiás e com Anápolis. Não vejo que passamos por um mau momento. Aquilo que está acontecendo em Brasília não afetará as obras, desde que o município tenha projetos e condições de dar sequência, respeitando as normas. Então, estamos tranquilo em relação a isso. Não vejo um motivo de preocupação maior. Afinal, sempre tivemos que lidar com esse sistema de eleições de dois em dois anos.

O sr. pretende se encontrar com o governador Marconi Perillo em breve?
Temos convênios importantes que já foram celebrados com o governo estadual e, nos próximos dias, deveremos conversar sobre outros. Aquilo que diz respeito à cidade de Anápolis é interesse comum, pois a cidade contribui muito para o Estado. Então, não temos dificuldade alguma para procurar o governador.

Qual será a marca do governo João Gomes?
O primeiro desafio é dar sequência ao que já está sendo feito. Querer imprimir uma marca próprio neste momento é ir contra aquilo que defendi nesses últimos cinco anos. Nosso foco é o planejamento. Algo que deveremos nos aprofundar um pouco mais é a questão do atendimento. Todos nós, servidores, devemos entender que estamos aqui para servir à população. A prefeitura é a maior prestadora de serviços da cidade e precisamos fazer isso bem. Assim, uma marca que poderá ficar é essa busca incessante por melhorar a cada dia a qualidade dos serviços.

O sr. assumiu a prefeitura após a descompatibilização de Gomide. Seu foco será na administração ou também dará suporte à candidatura dele, visto que faz parte do conselho de campanha?
Eu sempre soube separar o administrador do político-partidário. Então, com certeza o foco é a ges­tão da prefeitura e a administração da cidade. Mas também sou um soldado do PT e nos momentos oportunos, seja à noite ou nos fins de semana, estaremos om­bre­an­do com o nosso pré-candidato na­quilo que pudermos ajudar. Sei do papel que eu cumpro e a maior ajuda que posso dar é fazer uma boa administração aqui em Anápolis.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.