A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 17, mais uma fase da Operação Iraúna, que combate o tráfico internacional de drogas a partir da troca de etiquetas e bagagens em aeroportos de todo o país. Nesta segunda fase, agentes da corporação cumprem oito mandados judiciais, sendo seis de busca e apreensão e dois de prisão temporária.

A nova etapa é um desdobramento da operação que teve início no dia 4 de abril, quando outros seis mandados de prisão foram cumpridos. Na ocasião, foram alvo dos mandados funcionários terceirizados do aeroporto internacional de Guarulhos, envolvidos na troca das etiquetas das bagagens de duas passageiras goianas ficaram presas na Alemanha, mesmo sem envolvimento no crime.

Nesta quarta, os mandados judiciais estão sendo cumpridos em face de outros quatros
funcionários terceirizados do aeroporto de Guarulhos, que também são alvos da
investigação pelo possível envolvimento no tráfico internacional de drogas.