A ex-jogadora de vôlei e vôlei de praia, Isabel Salgado morreu nesta quarta-feira, 16, aos 62 anos. Conhecida como “Isabel do Vôlei”, a ex-atleta havia sido incluída no grupo de transição do esporte do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A causa da morte foi uma síndrome aguda respiratória do adulto (SARA), causada por uma bactéria no pulmão.

Isabel chegou a ser internada no Hospital Sírio-Libanês, depois de passar mal na segunda-feira, na sequência de uma reunião feita pela pasta do esporte. Ela teria sido entubada e depois teve uma parada cardíaca nesta madrugada, segundo a cineasta Paula Barreto, que é próxima da vítima, e que repassou a informação para o Uol.

A ex-ponteira é considerada um dos ícones do vôlei brasileiro, com dois Jogos Olímpicos no currículo, Moscou (1980) e Los Angeles (1984). Ela também foi a primeira atleta brasileira da modalidade a jogar profissionalmente fora do Brasil. E ainda foi pioneira do vôlei de praia na década de 1990.