Um funcionário da rede de lanchonetes Burger King registrou em vídeo, compartilhado nas redes sociais, que acabou urinando no chão por ser proibido de deixar seu posto de trabalho. O caso aconteceu no shopping Jardis, em Aracaju (SE).

O atendente José Vinícius gravou vídeo após o episódio, revelando que se deixar o quiosque de trabalho, pode ser advertido por superiores. “Quero relatar aqui o inevitável. Acabei de mijar aqui mesmo no quiosque porque não posso sair daqui. Se sair, levo advertência, na segunda vez, levo suspensão, e na terceira, levo justa causa”, declarou.

https://twitter.com/estouonpraffc/status/1659375290533945346

Ainda no mesmo vídeo, ele revela que no dia anterior havia recebido uma advertência por ter deixado o trabalho na hora em que o expediente foi encerrado. “Quero deixar relatado aqui porque isso é uma injustiça e não pode acontecer”, finaliza.

Em resposta, o Burger King lamentou o caso e disse que vai apurar o caso, enquanto já afastou os envolvidos responsáveis. Por meio de nota, a rede declarou que não tolera “qualquer tipo de falta de respeito”. “Temos na nossa cultura a prática do respeito com as pessoas em qualquer ambiente e não deixaremos de tomar todas as medidas cabíveis”, completou o texto.