Zacharias Calil diz que eleitorado está entusiasmado com sua candidatura

Dr. Zacharias Calil durante entrevista ao Jornal Opção | Foto: Renan Accioly

Candidato a deputado federal pelo DEM, o médico Zacharias Calil afirma que “está assustado com a repercussão de sua campanha — que é micro — na sociedade. Eu popular e não sabia”.

Ao visitar o bairro Novo Horizonte, Zacharias Calil — tratado pelo povão como Zach Competência — foi cercado, de maneira efusiva, por populares. Todos queriam saber sobre como faz para separar siameses e a respeito de sua motivação para disputar mandato de deputado.

Até ex-pacientes apareceram para cumprimentá-lo.

Sem dinheiro para a campanha, atuando de maneira espartana, Zacharias Calil tem sido convidado por amigos para conversar com funcionários de suas empresas (como a Belcar, onde foi apresentado como o “novo” e o “não-político”). “Não faço promessas, mas digo que vou colocar meu mandato, se for eleito, a serviço da sociedade, principalmente da melhoria do setor de saúde”, afirma. As pessoas que trabalham na sua campanha são voluntárias. Entre elas está sua mulher, a psicóloga Sandra Hamu. Recentemente, convidado por José Carlos, esteve com auditores da Receita Federal, que o veem como um nome renovador, compromissado com a retidão moral.

Político diferenciado, Zacharias Calil afirma que pede votos e conversa com todo mundo. “Mas digo sempre que pretendo ser um deputado sem amarras”, assinala. “Entrei na política por idealismo. Se for eleito, tudo bem; se for, voto para a Medicina. Aliás, mesmo durante a campanha, continuo trabalhando no Hospital Materno-Infantil.” Na sexta-feira, 14, quando o Jornal Opção o localizou, à noite, Zacharias estava atendendo pacientes no Materno-Infantil.

Caiado está crescendo. Estou tranquilo. Entrei com idealismo; se for eleito bem; se não for, volto para a Medicina. Meu diferencial é não estar ávido para ganhar a eleição.

Ao se encontrar com o ex-governador Alcides Rodrigues (PRP), este tirou um santinho e disse: “Olha, este aqui é meu candidato a deputado federal”. Era um santinho de Zacharias Calil. Era uma brincadeira e os dois riram muito.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.