Zacharias Calil, Coronel Edson e Silvye Alves devem ser os puxadores de voto do União Brasil

Há quem postule que Zacharias Calil não vai disputar a reeleição. Se isto ocorrer, o Coronel Edson tende a não se filiar ao Podemos

Silvye Alves: uma das favoritas do União Brasil | Foto: Divulgação

Há quem postule que o deputado federal Zacharias Calil (União Brasil) não será candidato a senador ou à reeleição. “Há indícios de que inventou a história de ser candidato a senador única e exclusivamente para, não conseguindo disputar, retirar o time de campo e voltar à atividade de médico”, sugere um ex-integrante do PSDB.

De qualquer maneira, o União Brasil aposta em Zacharias Calil como um de seus puxadores de voto para deputado federal. “Sem Delegado Waldir Soares, do União Brasil, no páreo para deputado federal, pois será candidato a senador, a possibilidade de Zacharias Calil superar a marca de 200 mil votos não é nada remota”, calcula um membro do UB.

Coronel Edson e o governador Ronaldo Caiado: aliados | Foto: Reprodução

O União Brasil também aposta que a jornalista Silvye Alves, ex-apresentadora da TV Record, vai ser uma das grandes puxadoras de voto da eleição deste ano. A jovem é carismática e popular.

A incógnita é o tenente-coronel Edson Melo (da Polícia Militar), que pode se filiar nas convenções partidárias. Três partidos disputam seu passe político. O presidente metropolitano do Podemos, Felipe Cortês, afirma que as portas do partido estão “abertíssimas” para o militar. “Ele é nosso parceiro”, assinala Cortês, que é pré-candidato a deputado estadual.

Ronaldo Caiado e Zacharias Calil | Foto: Divulgçaão

Porém, se confirmado que Zacharias Calil não vai disputar mandato de deputado federal, optando por se retirar da política, a tendência é que o Coronel Edson — que comandou a operação que matou o assassino Lázaro Barbosa — dispute mandato pelo União Brasil. O militar é ligado ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e à primeira-dama, Gracinha Caiado, ambos do União Brasil.

Quanto ao Delegado Waldir, a tendência é que seja candidato a senador. Será um dos candidatos avulsos. Ele já disse ao Jornal Opção, várias vezes, que não vai recuar. Vale escutar o que diz, pois se trata de um dos políticos dos mais obstinados de Goiás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.