Wellington Peixoto e Clécio Alves vão terçar forças pelo comando do PMDB em Goiânia

Wellington representa um grupo e é visto como agregador. Clécio perdeu o apoio de Iris Rezende

Arquivo

Dois vereadores, Wellington Peixoto e Clécio Alves, vão terçar forças, em agosto deste ano, pelo comando do PMDB metropolitano. Peemedebistas afirmam que Wellington é, no momento, mais forte do que seu adversário. Clécio Alves é visto como um outsider, “sempre jogando sozinho e para si”. O rival, tido como mais agregador, participa de um grupo que tem como líderes seu irmão, o deputado estadual Bruno Peixoto, e seu pai, Sebastião Peixoto.
Clécio Alves hoje é visto com desconfiança pelo antigo aliado Iris Rezende. Este ficou visivelmente incomodado com as críticas do vereador e, apesar dos salamaleques públicos, não costuma perdoar aqueles que o cutucam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.