Waldir ou Vanderlan: quem conseguirá conquistar o favoritismo em Goiânia?

Delegado Waldir e Vanderlan Cardoso lideram as pesquisas | Fotos: Renan Accioly/ Jornal Opção

Delegado Waldir e Vanderlan Cardoso lideram as pesquisas | Fotos: Renan Accioly/ Jornal Opção

Waldir “o delegado” Soares (PR) está, sem dúvida, como o favorito em Goiânia. Está bem avaliado e conta com a fama de seus recém-conquistados 178.708 votos na capital; votos que o colocaram como o deputado federal mais bem votado da história goiana. Mais: Waldir é largamente conhecido na região Noroeste, uma das mais populosas da cidade e que tem um grande número de eleitores. Mais: sendo delegado da Polícia Civil, e fazendo questão de fazer do título seu nome eleitoral, Waldir toca em um dos maiores desejos do goianiense: segurança.

Por esse conjunto de fatores, Waldir é apontado como favorito. Há quem diga que ele foi um dos motivos da desistência de Iris Rezende (PMDB), que liderava as pesquisas, mas parecia ter atingido um “teto eleitoral”. Muitos atribuem esse não crescimento de Iris a Waldir, visto que o deputado divide parte do eleitorado irista. Dessa forma, Iris, com pesquisas em mãos, teria visto que poderia perder e por isso desistiu; se perdesse, seria o fim de sua carreira.

Mas perderia para quem? Essa é a pergunta. Waldir sozinho não conseguiria derrotar Iris, tanto que, após a saída do peemedebista, ele não foi o único a “herdar” o eleitorado irista. Vanderlan Car­doso (PSB) também “herdou” os votos de Iris. Seria Vanderlan o ponto de desequilíbrio da suposta pesquisa do peemedebista.

Agora, com Iris fora, Waldir e Vanderlan disputam para saber quem será favorito da população. Waldir é largamente conhecido e,  embora um pouco na frente, parece ter batido no tal “teto eleitoral”. Seu potencial de crescimento parece ser pequeno., sobretudo no meio da classe média, que o observa com desconfiança. Por isso, o delegado escolheu Zacharias Calil (PMB) para ser seu vice. O médico desfruta de uma alta aprovação com as classes mais altas, pois é visto como um profissional de competência. Aliás, Calil tende a aliviar outra questão para Waldir: a bandeira única. A visão que muitos eleitores têm é que Waldir só entende de segurança, pois é só disso que fala. Calil, que é médico, pode colocar em questão a bandeira da saúde. Porém, sua presença apenas alivia o problema; não resolve.

Do outro lado, Vanderlan, por incrível que pareça, ainda é desconhecido de parte da população e tem a seu favor uma gestão muito elogiada no currículo. Senador Canedo tem dois momentos: antes e depois de Vanderlan. Pelo menos é o que dizem os moradores. Isso é visto pela população de Goiânia, que anseia por um gestor de qualidade e que saiba suprir as necessidades da cidade em todos os aspectos. Por esse conjunto de fatores, Vanderlan parece ter mais condições de alcançar o favoritismo. Mas a campanha ainda não começou e pode ser que nenhum dos dois seja o escolhido. Depen­derá das alianças que fizerem e das estruturas que conquistarem. O PR tem dinheiro; o PSB tem estrutura. Um dos dois deve se unir ao PMDB; o outro à base do governo estadual. Veremos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.