O presidente eleito Lula da Silva terá como maior missão recolocar o Brasil na rota do crescimento econômico e reduzir as graves desigualdades sociais.

De acordo com um deputado de São Paulo, dada as tarefas ingentes e grandiosas, Lula da Silva deixará a disputa para prefeito e vereador em 2024 por conta do partido, de suas unidades estaduais.

Porém, como é um político dos mais atentos, deverá acompanhar de perto ao menos as eleições nas capitais e nas grandes cidades do país. Em Goiás, o petista-chefe terá um olhar especial para Goiânia e Anápolis, nas quais perdeu para o presidente Jair Bolsonaro.

Em Goiânia, a cúpula nacional do PT, com Lula da Silva na linha de frente, bancará a candidatura de Adriana Accorsi para prefeita. Para fortalecê-la, há inclusive a possibilidade de a deputada federal eleita ocupar um ministério.

Na terceira cidade com maior eleitorado de Goiás, Anápolis, o PT vai bancar a candidatura do deputado estadual reeleito Antônio Gomide.

Com o apoio do presidente, que pode até participar das campanhas nas duas cidades, Adriana Accorsi e Antônio Gomide se tornarão candidatos altamente competitivos.