Vilmar Rocha pode ser atraído pelo amor e pela razão para a campanha de José Eliton

Marconi Perillo terá peso decisivo no reposicionamento do presidente do PSD

Montagem

Há quem aposte que Vilmar Rocha, presidente do PSD, depois de uma rebeldia inicial, volte, como o filho pródigo, para a base governista e apoie José Eliton para governador. Por dois motivos. Por amor, porque mantém uma forte ligação política e de amizade com o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). Pela razão, porque os três deputados do partido que dirige — Thiago Peixoto e Heuler Cruvi­nel, federais, e Francisco Júnior, estadual — querem e precisam ficar na base aliada, porque, se saírem, perderão seus principais apoiadores (prefeitos e vereadores).

A ressalva é que o pré-candidato do MDB a governador, Daniel Vilela, fez uma oferta alta para Vilmar Rocha. Ele pode escolher ser candidato a senador ou a vice-governador.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.