Vilmar Rocha: agora cuidamos de formar chapa proporcional

“Fofocas.” É assim que o ex-deputado Vilmar Rocha, presidente regional do PSD, classifica as “notícias” plantadas em colunas políticas dando conta de que ele estaria conversando com a oposição. Uma dessas “notícias” é de que Vilmar estaria conversando com o governadoriável do DEM, senador Ronaldo Caiado, para compor a chapa majoritária na vaga à candidatura ao Senado ou mesmo a vice-governador.

Vilmar diz que não há nada de verdade nos boatos, ou “fofocas”, como prefere. Segundo ele, a direção do PSD resolveu que só tomará decisão sobre o processo sucessivo em julho. Agora, informa, o partido está tratando exclusivamente de formar chapa proporcional para deputado estadual e federal. Segundo Vilmar, até julho o partido estará conversando muito com todo mundo, dialogando com todas as forças políticas, econômicas, sociais, culturais e inclusive com a mídia. “Não basta conversar apenas com os políticos. Já estamos nesse processo de diálogo pelo interior, fomos a várias cidades. Até o dia 7 de abril, quando se fecha a janela partidária, qualquer pessoa no gozo de seus direitos políticos pode se filiar ao PSD e vamos analisar com carinho a viabilidade de sua candidatura. Estamos abertos a filiações.”

Sabe-se que Vilmar Rocha quer ser candidato a senador num cenário em que faltam vagas na chapa governista, uma vez que Marconi Perillo (PSDB) e Lúcia Vânia (PSB) já estariam definidos. Vilmar insite que é muito cedo para essa definição, porque muita coisa pode acontecer até julho. Tudo o que se diz agora, afirma, é só especulação, só variantes de possibilidades que podem ou não se confirmar.

Nesse sentido, nem mesmo a possível volta do ex-senador Demóstenes Torres ao jogo é vista como complicador pelo presidente do PSD. “A decisão sobre Demóstenes é liminar, ainda será julgada. Logicamente que havendo a possibilidade de ele ser candidasto, provoca reflexo no cenário em Goiás, sobretudo na base aliada, porque ele está filiado ao PTB. E isso demonstra, mais uma vez, que estamos certos em aguardar para tomar decisões. O quadro está em evolução e muita coisa pode acontecer até lá. Vamos aguardar.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.