Vereador e secretário da Prefeitura de Goianésia é assassinado com tiro na cabeça

Wilson Portilho estava desaparecido desde segunda-feira. Veículo não foi roubado

O vereador Wilson Portilho da Cunha (PMDB) — que havia se licenciado da Câmara Municipal para assumir o cargo de secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Social da Prefeitura de Goianésia — foi encontrado morto nas proximidades de Cirilândia, distrito de Santa Isabel. Ele foi assassinado com tiro na cabeça. Tinha 48 anos, era casado e deixa dois filhos. O político estava desaparecido desde a noite de segunda-feira, 4.

O automóvel Saveiro (da Prefeitura de Goianésia) que Wilson Portilho estava não foi roubado.

A polícia ainda não tem informações sobre o criminoso (ou criminosos).

Deixe um comentário