O prefeito de Catalão, Adib Elias, avalia que podia eleger um “poste” no município mais importante da região Sudeste.

Renato Ribeiro dos Santos: a aposta do PL bolsonarista | Foto: Reprodução

Mas as pesquisas de intenção de voto indicam que o poste de Adib Elias, o secretário Nelson Fayad — seu primo —, continua mal, aparecendo atrás de outros postulantes da própria base do gestor municipal. Consta, até, que, para registro na urna do TSE, seu nome, se realmente consolidar-se como candidato, será mudado para Nelson do Adib.

Nelson Fayad: o favorito de Adib Elias não é o favorito dos eleitores | Foto: Prefeitura de Catalão

Adib Elias e Adriete Elias não querem, mas a base do prefeito prefere a candidatura do ex-prefeito Velomar Rios, do pP.

Apoiado às claras pelo deputado federal José Nelto, do pP, Velomar Rio é o preferido de vários aliados de Adib Elias. Mas eles não podem declarar o apoio publicamente, por receio de o prefeito persegui-los.

Orioval Júnior: o dentista é tido como o vice dos sonhos | Foto: Facebook

Adib Elias continua como grande cabo eleitoral de Catalão? Sim, permanece, tanto que, em vez de cabo, deve ser chamado de general eleitoral. Mas, depois de quase sete anos no poder, o prefeito enfrenta alguns desgastes. A população reclama da falta de água e de sua má qualidade (muitas vezes suja). Seus críticos, como o economista Júlio Paschoal — pré-candidato a prefeito por uma frente de centro-esquerda —, relatam que, em algumas ruas, esgoto sanitário corre a céu aberto. Quando as pessoas reclamam, o “alcaide” sugere que mudem de Catalão.

Elder Galdino: a aposta do MDB para prefeito | Foto: Facebook

De acordo com Júlio Paschoal, o prefeito, por causa de contencioso com uma empresa de mineração, não cuida da estrada que dá acesso a ela, o que dificulta o trânsito — o que prejudica motoristas, executivos e trabalhadores.

Ante o desgaste de Adib Elias — com a ressalva de que sua popularidade ainda persiste alta —, há quem postule que a chapa imbatível teria Velomar Rios como candidato a prefeito e o jovem Orioval Júnior como vice. “Orioval é do MDB e, se for vice, pode unir a base de Adib Elias e Elder Galdino”, postula um ex-vereador. “É a chapa dos sonhos”, complementa.

José Nelto e Adib Elias: os dois não combinam sobre candidaturas em Catalão | Foto: Reprodução

Por sinal, o dentista Orioval Júnior não comenta sobre o assunto com seus aliados. “Porque não se considera protagonista do pleito deste ano”, diz um vereador. Ele se considera, no máximo, um líder do MDB. É o presidente do partido em Catalão.

Júlio Paschoal: a aposta de centro-esquerda para prefeito de Catalão | Foto: Divulgação

No momento, são pré-candidatos, em ordem alfabética: Elder Galdino (MDB), Gustavo Sebba (PSDB), Júlio Paschoal (talvez pelo PT), Nelson Fayad, Renato Ribeiro (PL) e Velomar Rios (pP, há quem acredite que poderá se filiar ao MDB). (E.F.B.)