Vecci vai a lançamento de livro de Demóstenes e se diz feliz com volta de ex-senador à política

O deputado federal e presidente do PSDB diz que o procurador de justiça “vai ter a oportunidade de mostrar à população tudo que pode realizar por nosso Estado”

Giuseppe Vecci, presidente do PSDB e deputado federal, no lançamento de livro do ex-senador Demóstenes Torres, do PTB

Dois pesos-pesados da política goiana prestigiaram, no início da tarde de domingo, 6, o lançamento do livro “1ª Vítima de Fake News — … Como Eu Estava Falando Antes de Ser Brutalmente Interrompido”, do procurador de Justiça Demóstenes Torres. A cerimônia ocorreu em Planaltina, no Entorno de Brasília, município que é a principal base do deputado federal Giuseppe Vecci, presidente do Diretório Regional do PSDB. Além de Vecci, apareceram outras lideranças, como Hildo do Candango, prefeito de Águas Lindas, uma gigante político da região.

Vecci parabenizou Demóstenes pelas vitórias na Justiça, que julgou o mérito e a parte processual, e mandou destruir 250 mil horas de gravações clandestinas das quais não restou nada em acusação contra o ex-senador. Mesmo assim, Demóstenes foi cassado, mais por liderar a oposição ao PT, pois acabava de derrubar nove auxiliares da presidente Dilma Rousseff em nove meses. Sem mandato, Demóstenes foi investigado pelo Ministério Público de Goiás, que, junto com a Receita Federal, concluiu: Demóstenes é 11% mais pobre do que indicam seus salários no Senado e no próprio MP.

O ex-senador Demóstenes Torres lança livro no qual desmonta o sistema de fake news que levou à cassação de seu mandato político

“Fico muito feliz por seu retorno”, saudou o presidente do PSDB. “Parabéns pela volta à política”. Depois de nove vitórias seguidas nos tribunais, em primeira, segunda e terceira instâncias, na Justiça Federal, no Tribunal de Justiça de Goiás, no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal, Demóstenes pode ser candidato em 2018. O procurador de Justiça já manifestou interesse de se lançar pela base ao lado de Marconi Perillo para o Senado, na chapa encabeçada pelo governador José Eliton. Segundo Vecci, Demóstenes “vai ter a oportunidade de mostrar à população tudo que pode realizar por nosso Estado” (veja vídeo).

Hildo estava com mulher, Aleandra Sousa, presidente da entidade que congrega as primeiras-damas e os maridos de prefeitas. Hildo reiterou o apoio a Demóstenes, assim como Aleandra, que é pré-candidata a deputada estadual. Ao lançamento do livro compareceram ainda oito vereadores de Planaltina, inclusive o presidente da Câmara, pastor André Magalhães, e os campeões de votos em 2018, Carlinhos do Egito e Dênis Franco, que já manifestaram apoio a Demóstenes. Os vereadores Aroldo Alves e Enivaldo Tinica, além de Dênis, organizaram o evento, que teve os também integrantes do Legislativo local Hernandes Morais, Salvador de Paula e Raimundo do Goods. O presidente da Câmara de Valparaíso, Alceu Gomes, e os ex-prefeitos Silveira Godói (Planaltina) e Iran do Lago (Colinas do Sul) também estiveram na fila de autógrafos.

O livro foi comentado pelos oradores. O presidente da Câmara local, pastor André, se mostrou solidário a Demóstenes: “Também fui vítima de fake news e sei como dói ser caluniado, ter a honra ofendida sem poder se defender”. Demóstenes ficou calado durante quase seis anos. O livro contém artigos e discursos de 2012, nos quais apresenta sua defesa para cada um dos itens de acusação. Mostra o laudo de um respeitado perito forense, Joel Ribeiro Fernandes, que analisou trechos dos principais áudios vazados à imprensa para tentar incriminar Demóstenes. O perito apontou fraudes em todos os áudios. Mais de meia década depois, não foi desmentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.