Vanderlan Cardoso sugere que Maguito Vilela pode ser nome de consenso em Goiânia

O senador eleito pelo PP afirma que está conversando com Elias Vaz, João Campos e Francisco Júnior

O senador eleito Vanderlan Cardoso afirma que o PP tende a lançar candidato a prefeito de Goiânia em 2020 — daqui a um ano e nove meses.

“Eu e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, estamos convidando várias pessoas para se filiar ao PP. Como se sabe, partido, para crescer, precisa disputar cargos majoritários. Como não devo ser candidato e Baldy possivelmente não querer disputar, nós vamos atrair alguém de peso em Goiânia para bancar para prefeito”, afirma Vanderlan Cardoso.

É possível uma composição com outros partidos? “Nós estamos conversando com Vilmar Rocha e Francisco Júnior, do PSD, Elias Vaz, do PSB, e João Campos, do PRB. Francisco Júnior, Elias Vaz e João Campos são grandes nomes. O PSC pode bancar Eurípedes José do Carmo. Wilder Morais fala em disputar e é um bom candidato. A Dra. Cristina é um nome qualificado e é uma pessoa correta.”

E o MDB? “Nós estamos conversando com o MDB também. Maguito Vilela, pelo trabalho que fez em Aparecida de Goiânia, é um nome forte. Pode até ser o nome de consenso dos partidos que citei, mas esclareço que falo pelo meu partido, e, mesmo neste, tenho de conversar com meus companheiros, como Alexandre Baldy e Adriano do Baldy. Não tomo decisões solitárias, porque não é democrático. Tirando Maguito, o MDB não tem outro nome forte em Goiânia”. E o prefeito Iris Rezende? “Se o MDB quiser perder, basta lançá-lo.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.