Fala-se em Ana Paula Rezende disputar a Prefeitura de Goiânia pelo MDB, com o apoio do União Brasil. De fato, a filha de Iris Rezende é um nome que agrada tanto o governador Ronaldo Caiado, do União Brasil, quando ao vice-governador Daniel Vilela, do MDB.

Mas o fato é que o União Brasil tem três políticos com condições de disputar a Prefeitura de Goiás e, se contarem com apoio de uma frente ampla, têm condições de vencer o pleito.

Bruno Peixoto: futuro presidente da Assembleia Legislativa | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

 A deputada federal eleita Silvye Alves aparece bem nas pesquisas. Entretanto, se tem votos, a jovem política teria preparo e experiência para administrar uma cidade como um capital como Goiânia, que, a rigor, é um microestado? O fato é que ela ainda não é uma política experimentada, e tampouco é gestora. Mas, repetindo, tem votos, o que, em política, é o que importa.

Bruno Peixoto, que deve ser eleito presidente da Assembleia Legislativa, é um político habilidoso, tanto que costurou uma frente ampla para se tornar dirigente da Alego. Trata-se de um dos políticos mais experimentados de Goiás. Como líder do governo na Assembleia, numa missão praticamente administrativa — ele sabe tudo a respeito da gestão estadual —, teve um papel relevante para ajudar o governador Ronaldo Caiado em questões cruciais.

Zacharias Calil: política e tecnicamente qualificado | Foto: Jornal Opção

O médico e deputado federal Zacharias Calil é o terceiro nome. Há quem postule que está fora do jogo. Porém, não está.

Zacharias Calil é um político decente, dos mais raros, e é competente. Sua atuação na Câmara dos Deputados é aprovada inclusive por seus pares nacionais. Ele é uma referência em termos de saúde e é consultado com frequência pelos colegas. Como médico, se tornou uma referência local, nacional e, inclusive, internacional. Portanto, é experiente e qualificado.

O deputado do União Brasil pode disputar? Pode. Zacharias Calil é mais consistente do que Silvye Alves e, em termos políticos, tem a mesma estatura de Bruno Peixoto. Com a vantagem de que, em termos de saúde — área crucial para os goianienses —, é o mais experimentado. Vale a pena não descartar, em nome de novidades — que podem ser passageiras —, políticos e técnicos sérios, competentes e responsáveis como Zacharias Calil e Bruno Peixoto. (E.F.B.)