União Brasil planeja eleger no mínimo 8 deputados federais em Goiás

Entre as estrelas do partido estão Delegado Waldir e Zacharias Calil. As grandes surpresas podem ser Ismael Alexandrino, Rodney Miranda, Pedro Sales e Lissaeur Vieira

A montagem da chapa de candidatos a deputado federal do partido União Brasil começa a ser articulada diretamente pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e pelo deputado federal Delegado Waldir Soares. Afinados, os dois têm dialogado com frequência sobre o assunto. Delegado Waldir postula que disputará mandato de senador, baseado na informação de que lidera as pesquisas de intenção de voto. No entanto, se não for candidato a senador — frise-se: obstinado, insiste que disputará uma vaga no Senado —, certamente vai postular a reeleição. Como vários políticos o apontam como imbatível para deputado federal, ele é listado abaixo. A lista, por sinal, está disposta em ordem alfabética, e não de favoritismo.

Uma fonte chegou a listar, como possível postulante do União Brasil, a vereadora Sabrina Garcez. Mas um integrante do PSD contrapôs: “Ela vai disputar mandato de deputada federal pelo PSD. Quanto a Lissauer Vieira, embora seja bem-vindo ao PSD, nada podemos dizer. Afinal, também há notícia de que poderá se filiar ao PP”.

Comenta-se também que o deputado federal Célio Silveira pode migrar para o União Brasil. Porém, como está com um “pé” no MDB de Daniel Vilela, seu nome não é listado.

A cúpula do União Brasil planeja eleger no mínimo oito deputados federais. Porque quer constituir a maior bancada de Goiás na Câmara dos Deputados.

1
Delegado Waldir Soares

Delegado Waldir Soares, deputado federal | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Se candidato a deputado federal, a tendência é que se eleja e contribua para a eleição de mais um deputado, como ocorreu em 2014 e 2018. Ressalva necessária: insiste que será candidato a senador.

2
Glaustin da Fokus

Glaustin da Fokus, deputado federal | Foto: Divulgação

O deputado federal não tem eleição garantida pelo PSC. No União Brasil, com cerca de 100 mil votos, será reeleito, possivelmente.

3
Ismael Alexandrino

Ismael Alexandrino, secretário da Saúde | Foto: Divulgação

O secretário da Saúde não tem tradição política. Mas, apoiado pelo governador Ronaldo Caiado, passa a ser um candidato consistente.

4
José Mário Schreiner

José Mário Schreiner: deputado federal | Foto: Divulgação

O deputado federal conta com bases eleitorais sólidas no interior, notadamente entre os produtores rurais. Há quem avalie que pode ser prejudicado pela candidatura de Lissauer Vieira.

5
José Nelto

José Nelto, deputado federal | Foto: Divulgação

Se disputar pelo Podemos, que até agora não apresentou nomes consistentes, dificilmente será reeleito. Pelo União Brasil, suas chances aumentam. A ressalva é que, como será um dos coordenadores da campanha presidencial de Sergio Moro, dificilmente terá como deixar o Podemos.

6
Lissauer Vieira

Lissauer Vieira, presidente da Assembleia Legislativa | Foto: Ruber Couto/Alego

O presidente da Assembleia Legislativa é um nome considerado consistente. Se disputar pelo PSD, corre o risco de ajudar na eleição de Francisco Júnior — com forte base eleitoral em Goiânia — e ficar fora da Câmara dos Deputados. No PP, que tem dois candidatos fortes a deputado, Adriano do Baldy e Professor Alcides Ribeiro, a eleição também seria complicada. No União Brasil, com cerca de 100 mil ou 120 mil votos, será eleito com facilidade, possivelmente.

7
Marcos Rios

Marcos Rios: promotor de justiça | Foto: Arquivo pessoal

Promotor de justiça respeitado, uma referência no Ministério Público de Goiás, é, em termos de conteúdo, consistente. Resta aferir a consistência eleitoral.

8
Nilo Resende

Nilo Resende, ex-conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios | Foto: Divulgação

Trata-se de uma incógnita política. Há quem aposte que deverá disputar mandato na base do governador Ronaldo Caiado. Mas há quem aponte que também articula com Gustavo Mendanha.

9
Pedro Sales

Pedro Sales, presidente da Goinfra | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Nunca disputou mandato eletivo. Mas pode ser a grande surpresa eleitoral da disputa de 2022, com uma votação gigante. Na presidência da Goinfra, o jovem executivo conquistou os prefeitos, pelo atendimento ágil, franco e sem enrolação. É uma das apostas do governador Ronaldo Caiado.

10
Rodney Miranda

Rodney Miranda, secretário da Segurança Pública | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O policial federal conseguiu melhorar a segurança em Goiás e se tornou uma pessoa popular. Chegou-se a falar que poderia disputar pelo Republicanos. Mas deve ser candidato pelo União Brasil.

11
Sandes Júnior

Sandes Júnior, vereador em Goiânia | Foto: Câmara dos Deputados

Vereador em Goiânia, tende a sair do PP. Mas receia que o partido tente “tomar” seu mandato na Justiça. Já foi deputado federal várias vezes. Se Delegado Waldir não for candidato, tende a absorver parte de seu eleitorado.

12
Zacharias Calil

Zacharias Calil, deputado federal | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Uma pesquisa mostrou que é, ao lado do Delegado Waldir, um dos políticos mais populares em Goiânia. Quer disputar mandato de senador, mas deve disputar a reeleição. É apontado como hors concours. Seus eleitores não mudam o voto.

Uma resposta para “União Brasil planeja eleger no mínimo 8 deputados federais em Goiás”

  1. Avatar Marcos Farias disse:

    Tá, mas precisam combinar com o povo! Delegado Waldir não é e nunca será opção, errar uma vez tudo bem, mas continuar errando já é burrice!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.