Tucano Guilherme Campos quer enfrentar Paulo do Vale em Rio Verde

O concorrente mais forte é Heuler Cruvinel. Mas o deputado só quer disputar se montar uma frente ampla

Paulo do Vale, prefeito de Rio Verde, é favorito para a reeleição

Rio Verde é uma espécie de capital do Sudoeste. O que acontece lá repercute em toda a região. Em 2020, o prefeito Paulo do Vale, do MDB, deve disputar a reeleição — com o apoio de Ronaldo Caiado, que então estará no governo há um ano e nove meses. Portanto, o emedebista terá o apoio de duas máquinas: a do governo e a da prefeitura. Portanto, será um páreo difícil de superar por qualquer outro candidato. Comenta-se que sua vice será Flávia Cunha, filha de Paulo Roberto Cunha.

Heuler Cruvinel: o nome mais forte da oposição | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado federal Heuler Cruvinel, do PP, quer ser candidato, mas tem sido cauteloso nas conversas com aliados. Sem a construção de uma frente ampla, que possa fazer frente à estrutura gigante de Paulo do Vale, dificilmente colocará seu nome numa aventura fadada ao fracasso.

O deputado Lissauer Vieira, do PSB, disse ao Jornal Opção que não pretende disputar a prefeitura em 2020. “Vou ficar na Assembleia Legislativa, respeitando a vontade dos eleitores”, frisa.

Maria José, presidente do PSDB de Rio Verde, e Guilherme Campos

Ante a tibieza da oposição, que não apresenta nomes para enfrentar Paulo do Vale, o jovem produtor rural Guilherme Campos Oliveira, de 21 anos, coloca seu nome à disposição do tucanato. Ele é presidente da Juventude do PSDB em Rio Verde. Em janeiro, o vereador Manoel Pereira deve assumir a presidência do PSDB do município, pois a presidente Maria José deve se afastar.

“Os eleitores estão renovando a política no Brasil e em Goiás”, afirma Guilherme Campos. “O PSDB deve lançar candidato a prefeito e quero disputar as prévias. Por enquanto, só tem o meu nome. Tenho boa aceitação dos companheiros. Ademais, tenho bom relacionamento fora do partido.”

Guilherme Campos frisa vai buscar o apoio tanto de Heuler Cruvinel quanto de Lissauer Vieira. “Tenho respeito pelos dois e acredito que posso levá-los para o meu palanque”, assinala.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.