Três políticos garantem que vão enfrentar o prefeito de Crixás

Os pré-candidatos da oposição perceberam que a disputa não se dará contra Plínio Paiva — apesar da máquina pública ter peso eleitoral —, mas entre eles

Orlando Naziozeno, pré-candidato pelo MDB | Foto: Reprodução

O prefeito de Crixás, Plínio Paiva (PR), está desgastado e quase perdeu o mandato. Mesmo assim, até por não ter um aliado consistente, sustenta que vai disputar a reeleição. Há quem aposte que será o último colocado.

Os pré-candidatos da oposição perceberam que a disputa não se dará contra Plínio Paiva — apesar da máquina pública ter peso eleitoral —, mas entre eles. Por isso estão colocando, desde já, seus blocos na rua, apresentando-se aos eleitores.

Tiago Dietz, vereador, com o deputado estadual Iso Moreira, do DEM

O advogado e professor Willian Xavier, do DEM, tem dito aos aliados que será o candidato bancado pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado. Apontado como “xiita”, não tem a popularidade de outros candidatos e seus adversários são unânimes: “Não mora na cidade, e sim em Goiânia”.

O presidente da Câmara Municipal, Tiago Dietz, do PSDB (vai sair do partido), é um dos postulantes mais animados. Ele é apontado como “cumpridor des tratos”. Conta com o apoio declarado do deputado estadual Iso Moreira, que gostaria de vê-lo no DEM. Mas o partido já tem “dono” na cidade.

Carlos Seixo de Brito

O MDB pretende bancar o ex-prefeito e médico Orlando Naziozeno. A ressalva é que, por causa de balanços rejeitados pelo Tribunal de Contas dos Municípios, é inelegível. Sua candidatura pode ser barrada pela Justiça Eleitoral no nascedouro. Um emedebista sugere que, no caso de veto judicial a Naziozeno — conhecido como “eterno candidato” —, há a possibilidade composição com Tiago Dietz.

Carlos Seixo de Brito, o Dr. Carlos, deve trocar o DEM por outro partido para disputar mandato de prefeito. Um aliado frisa que “é muito mais forte do que Willian Xavier”, mas que este afirma que “é muito ligado a Ronaldo Caiado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.