Thiago Albernaz denuncia ação do PCC e do Comando Vermelho em Caldas Novas

Narcotraficantes guerrearam e quatro pessoas foram mortas num só dia. A polícia aprendeu 18 quilos de cocaína

O deputado estadual Thiago Albernaz, do Solidariedade, afirma que está animado com a ação da Assembleia Legislativa. “Os novatos estão ‘oxigenando’ o Poder Legislativo, mexendo com as estruturas e tornando a Assembleia mais ativa e participante da vida política de Goiás. Há debates interessantes e, sobretudo, abertos, críticos. A CPI da Enel já está na fase de oitivas e é provável que, ao término, ao menos uma coisa será conquistada: a melhoria dos serviços de energia elétrica no Estado. A CPI dos Incentivos Fiscais já está instalada, mas só começa na segunda-feira, 25. Nós estamos muito animados”, disse o parlamentar ao Jornal Opção.

Thiago Albernaz está preocupado com a ação do crime organizado em Goiás. “O PCC e o Comando Vermelho estão em guerra no Estado. Caldas Novas vive uma situação de calamidade pública. Facções criminosas guerrearam em Caldas Novas, com uns matando os outros. Só na quarta-feira, 20, foram quatro homicídios. Um traficante baleado foi levado para um hospital e os traficantes rivais foram lá para matá-lo. Invadiram o hospital, transformaram enfermeiros e médicos em reféns e exigiram que informassem a localização do outro criminoso. Com a confusão, o traficante, mesmo baleado, saiu do hospital, mas foi assassinado no meio da rua. O pânico na cidade era generalizado. O prefeito Evandro Magal me ligou e eu imediatamente recorri ao governador Ronaldo Caiado, que nos atendeu sem burocracia. O governador encaminhou reforço policial, com forças especiais, inclusive com helicóptero, para o município. A polícia apreendeu 18 quilos de cocaína, armadas pesadas, como metralhadoras e fuzis e dois traficantes foram presos.”

O parlamentar esclarece que não participa do grupo que se diz insatisfeito com o governador Ronaldo Caiado e com o secretário de Governo, Ernesto Roller. “Ronaldo Caiado está articulando pessoalmente, com o apoio de Ernesto Roller e do líder do governo na Assembleia, Bruno Peixoto. Tal ação está neutralizando o comportamento dos insatisfeitos. Faço parte de um projeto de governo, com o objetivo de melhorar Goiás e não partilho de picuinhas. Fiquei muito agradecido com a pronta ação de Caiado com relação a Caldas Novas. E insisto: Caiado e Roller mantêm um diálogo aberto e republicano com os deputados. Não tenho do que reclamar.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

MILENE

Ue, o prefeito de Caldas Novas não tem livre acesso, pra ligar para o governador de Goiás?? Não entendi. Por que ligou primeiro para o senhor?????
Logo, opeç ao governador, também, para colocar o Ten. coronel BELELLI de volta pra Caldas. Aí sim, traficante NÃO FICARÁ em Caldas.