Tentativa de criar CPI para prejudicar empresa não foi adiante na Assembleia

Um deputado quis abrir uma CPI, supostamente a serviço de Glaustin da Fokus, mas os deputados se recusaram a apoiá-lo

Não pegou bem a tentativa de um deputado de tentar abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar uma empresa localizada em Aparecida de Goiânia. O parlamentar sustenta que a empresa, supostamente a Pepsico, não teria aplicado os créditos do incentivo fiscal do governo do Estado.

Há quem aposte que o parlamentar estaria a serviço do deputado federal Glaustin da Fokus, que, como empresário, teria perdido um “negócio” para a concorrente. “O mais provável é que o deputado estadual quis fazer média com o empresário-deputado federal.”

Nenhum deputado, percebendo alguma ação lobista, quis apoiar a convocação de uma CPI — que faz barulho, acusa, mas, no geral, não leva a nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.